Sporting garante que jogadores não pediram rescisão

A SAD do Sporting emitiu um comunicado para garantir que ninguém, na equipa técnica ou no plantel, manifestou intenções de rescindir os contratos, depois das agressões em Alcochete.

A SAD do Sporting garante que “não há qualquer suspensão ou rescisão do vínculo laboral de qualquer dos elementos da equipa técnica” ou do plantel. Num comunicado enviado à CMVM ao final da tarde desta quarta-feira, o Sporting indica ainda que “não foi manifestada qualquer intenção de rescisão dos contratos de trabalho por parte de qualquer jogador”.

A CMVM já tinha exigido esclarecimentos ao Sporting. Em causa, as informações de que os jogadores e equipa técnica estariam a ponderar rescindir os contratos na sequência das agressões que aconteceram ao final da tarde de terça-feira, na Academia em Alcochete.

Agora, esta quarta-feira, a SAD leonina indica que, “dando cumprimento a pedido da CMVM, relacionado com artigos de jornais”, ninguém da equipa técnica ou do “plantel principal de futebol profissional” rescindiu contratos com o clube ou mostrou intenção de o fazer.

Estes desenvolvimentos surgem depois de os futebolistas do clube presidido por Bruno de Carvalho terem garantido que vão disputar a final da Taça de Portugal no próximo domingo, no Estádio Nacional do Jamor. Isto “sem prejuízo das decisões que cada um tomará”, leu-se no comunicado subscrito pela maioria do plantem do Sporting, como o ECO noticiou esta quarta-feira.

(Notícia atualizada às 21h14 com mais informações)

Comentários ({{ total }})

Sporting garante que jogadores não pediram rescisão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião