Incêndios: Informação sobre fundo de apoio às áreas afetadas disponível em site

  • Lusa
  • 11 Julho 2017

Numa primeira fase, o site pretende dar a conhecer as finalidades do fundo (REVITA) , disponibilizar informação sobre como as entidades podem aderir a este apoio e agregar toda a legislação.

Toda a informação sobre o fundo de apoio à revitalização das áreas afetadas pelos incêndios do mês de junho na região centro do país está disponível a partir de hoje num site da internet, anunciou a tutela.

Segundo o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, numa primeira fase, este site pretende dar a conhecer as finalidades do fundo (REVITA) e a composição do seu Conselho de Gestão, disponibilizar informação sobre como as entidades podem aderir a este apoio e agregar toda a legislação sobre a matéria.

Posteriormente serão também divulgados no site a lista de entidades aderentes e os relatórios de gestão do Fundo.

Os incêndios de grandes proporções que afetaram os concelhos de Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande no passado mês de junho acarretaram graves e trágicas consequências, das quais resultaram 64 mortos e mais de 200 feridos, além dos prejuízos materiais.

“Os portugueses, num enorme esforço nacional de solidariedade, procuraram atenuar os prejuízos patrimoniais sofridos pelas populações destes concelhos, o que se traduziu em numerosos donativos destinados à reconstrução das habitações e da vida das pessoas afetadas pelos incêndios”, recorda o ministério, lembrando o apoio também de entidades internacionais.

Para gerir os donativos entregues no âmbito da solidariedade demonstrada, em articulação com os municípios de Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, foi criado o fundo de âmbito social REVITA.

Desta forma, pretende-se contribuir para uma maior eficiência na gestão dos recursos abrangidos por este Fundo, na sua afetação aos que deles necessitam, promovendo um reforço da celeridade em todo o processo de revitalização das áreas afetadas.

A gestão do REVITA ficará a cargo de um Conselho de Gestão constituído por um representante do Instituto da Segurança Social, que preside (Rui Fiolhais), um representante das câmaras municipais de Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande e outro das instituições particulares de solidariedade social e associações humanitárias de bombeiros, a nível distrital.

PUB

Comentários ({{ total }})

Incêndios: Informação sobre fundo de apoio às áreas afetadas disponível em site

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião