Lisboa sobe pela quarta sessão para máximo de setembro

Segunda sessão do ano, segunda sessão de ganhos na bolsa nacional, que acompanha a tendência positiva que se verifica nos mercados europeus. EDP Renováveis impulsiona índice português.

Mantém-se o bom momento nas bolsas europeias. O índice londrino FTSE reabriu esta terça-feira com ganhos após ter atingido um máximo histórico na última sessão de 2016. Mas o sentimento positivo, do qual a bolsa portuguesa também faz parte, estende-se à generalidade das praças do Velho Continente, que ontem tiveram um arranque de ano em grande.

No caso do PSI-20, o principal índice português ganha 0,64% para 4.764,19 pontos, avançando pela quarta sessão consecutiva para o nível mais elevado desde setembro. A dar força ao índice nacional está sobretudo a EDP Renováveis, cujas ações ganham mais de 1% para 6,11 euros. Destaque ainda para a EDP (+0,62%) e Jerónimo Martins (+0,34%), duas das maiores empresas cotadas nacionais.

PSI-20 regressa a níveis de setembro

Fonte: Bloomberg
Fonte: Bloomberg (valores em pontos)

Para os analistas do BPI, Altri (+0,93%) e Navigator (+1,17%) são duas ações para acompanhar ao longo da sessão desta terça-feira, depois da expressiva valorização de ontem. “Entre as ações a acompanhar hoje figuram a Altri e a Navigator. Ontem, estas duas ações alcançaram ganhos superiores a 2% que se deveram, maioritariamente, à desvalorização do euro face ao dólar”, explicam os analistas do banco.

"Entre as ações a acompanhar hoje figuram a Altri e a Navigator. Ontem, estas duas ações alcançaram ganhos superiores a 2% que se deveram, maioritariamente, à desvalorização do euro face ao dólar.”

Analistas do BPI

Diário de Bolsa

Entretanto, a sessão de hoje fica marcada pelo regresso dos mercados de Londres e Nova Iorque à negociação, depois do feriado de ontem, e que deverão conferir maior volume de transações tanto nas bolsas como nos mercados das matérias-primas.

O melhor desempenho no arranque pertencia novamente à bolsa de Milão, onde o FTSE Mib ganha 0,65%. Mas de Madrid a Frankfurt, os ganhos situam-se entre 0,2% e 0,6%, reforçando o bom momento das ações europeias, após o stress do final do ano vivido sobretudo por causa da situação da banca italiana.

“Com a reabertura dos mercados londrino e nova-iorquino inicia-se o ano bolsista das matérias-primas que ontem não negociaram. Com estes dois mercados a funcionar, o volume das demais bolsas mundiais deverá registar um incremento face a ontem. (…) O sentimento em relação aos bancos italianos tem vindo a registar uma forte melhoria nas últimas
semanas”, referem os analistas do BPI.

(notícia atualizada às 8h22 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Lisboa sobe pela quarta sessão para máximo de setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião