Euro em mínimos de 14 anos

O aumento de diferencial dos juros entre os EUA e a Europa justifica a perda de valor da divisa europeia, que se aproxima cada vez mas da paridade face à nota verde.

A moeda única da Zona Euro aproxima-se a largos passos da paridade contra o dólar. Nesta sessão, a divisa comunitária deu mais um passo nesse sentido, ao registar um mínimo de 14 anos face à nota verde.

O euro segue em forte queda, tendo atingido o valor mais baixo contra o dólar desde o início de janeiro de 2003 ao negociar nos 1,0341 dólares (-1,09%). Entretanto a moeda única aliviou as perdas, seguindo a desvalorizar 0,3%%, para os 1,0424 euros.

Euro na última semana

Fonte: Bloomberg (valores em dólares)
Fonte: Bloomberg (valores em dólares)

A perda de terreno do euro acontece numa altura em que nos EUA segue a inversão do rumo das taxas de juro, o que aumenta o apetite dos investidores pelo dólar. “Os drivers são bastante claros neste momento: tem a ver com a divergência do spread entre as taxas, estimulado pelo crescimento e outlook de políticas entre o euro e o dólar dos EUA”, afirmou Mark McCormick, especialista no mercado cambial do TD Bank, em Toronto.

De recordar que a 14 de dezembro, a Reserva Federal dos EUA subiu os juros, pela primeira vez no espaço de um ano, deixando ainda em cima da mesa novos aumentos das taxas este ano. No lado de cá do Atlântico, os tempos mantêm-se de alívio, com a taxa de juro de referência no mínimo histórico de 0%.

Comentários ({{ total }})

Euro em mínimos de 14 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião