Internacional

A China cancelou as conversações com os EUA e não deve reunir-se com as autoridades até depois das eleições intercalares de novembro. Em causa, as tensões comerciais entre os dois países.