O que os melhores chefs do mundo gostam de comer em casa?

  • Bloomberg
  • 29 Dezembro 2016

Os maiores chefs do mundo são exatamente como nós: não gostam de levar o trabalho para casa.

Quando se trata de comida caseira, as estrelas da culinária que estão por trás de pratos como risoto de amoras com molho de carne de animais de caça ou moleja assada com alcaçuz preferem algo rápido e fácil ou até que outra pessoa cozinhe.

“As pessoas têm de perceber: Fernando Alonso e Lewis Hamilton conduzem um carro de F1 mas não podem conduzir da mesma forma quando estão na rua”, disse Ferran Adrià, chef do pioneiro El Bulli, em Espanha.

E não se espere que a comida saia com uma apresentação perfeita. “Em casa, não ponho nada em pratos”, explica Jean-Georges Vongerichten, cujas criações no Jean-Georges, em Manhattan, são normalmente bastante decoradas.

Por que preocupar-se com a refeição apropriada?

Michel Roux Jr. (Le Gavroche, Londres): “Sou viciado em queijo, de preferência um Comté de 24 meses feito das pastagens da primavera, com pão caseiro.”

José Andrés (Minibar, Washington DC): “Uma tigela de gaspacho no verão e um prato de ensopado de lentilhas com linguiça no inverno.”

Pequeno-almoço, basicamente

Daniel Boulud (Daniel, Nova York): “Eu gosto de fazer ‘ovos submarino’ — ovos servidos num buraco de um brioche amanteigado — e de o dividir com a minha mulher Katherine todos os domingos de manhã. A mãe da Katherine fazia sempre esse prato quando ela era pequena e é uma tradição que nós mantivemos com o nosso filho.”

Tom Kerridge (Hand & Flowers, Marlow, Inglaterra): “Uma omelete cheia de sabor, com azeitonas, linguiça, anchovas e muito queijo. Tem bastante proteína, é muitíssimo saboroso e rápido e fácil de fazer.”

Comida feita pelos outros

Anne-Sophie Pic (Maison Pic, Valence, França): “Frango de domingo feito pela minha mãe. O prato é preparado muito lentamente no forno com estragão. Essa é minha ’Madeleine de Proust’, a nossa tradição familiar existente há muitos anos.”

Atul Kochhar (Benares, Londres): “Todos o miúdos punjabi adoram o rajma da mãe, um ensopado de feijão vermelho, e eu não sou diferente. A minha mãe, agora com 80 anos diz que a versão dela é muito melhor que a minha, mesmo que tenha um filho que é chef.”

Os chefs comem sempre frango e massa

Fergus Henderson (St. John, Londres): “O prato que eu faço em casa com muita regularidade é massa com molho de tomate. Nunca falha, nunca dececiona, e é impossível que o seu poder relaxante canse. Slurp, slurp, aahhh. Os meus filhos e eu somos praticamente feitos de massa com molho de tomate. É incrível que eles tenham nascido com dedos e não com mãos de esparguete com tomate.”

Jean-Georges Vongerichten (Jean-Georges, Nova York): “Adoro refeições com um prato só. Foi assim que eu cresci na Alsácia, França, a comer coisas como um simples frango ou um ensopado.”

PUB

Comentários ({{ total }})

O que os melhores chefs do mundo gostam de comer em casa?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião