Já são mais de dois milhões de carros elétricos no mundo

  • Leonor Rodrigues
  • 13 Outubro 2016

A aposta nos veículos elétricos, amigos do ambiente, não para de crescer. Na Noruega, um em cada três carros vendidos é elétrico.

O número de vendas de veículos elétricos já ultrapassou os dois milhões em todo o mundo. O carro mais vendido é o japonês Nissan Leaf, seguido do Tesla S. A China e a Europa são os mercados com mais procura, com vendas que representam 1% do total no mundo.

“Ainda é um mercado muito pequeno mas, nos últimos meses, temos visto uma grande mudança”, afirma Greg Archer ao The Guardian. Só em 2015, as vendas de veículos elétricos duplicaram e atingiram os 145 mil carros. Esta alteração de consumo foi percetível no Salão Automóvel de Paris que foi dominado por este tipo de veículos. A Volkswagen já anunciou que quer vender três milhões de carros totalmente elétricos até 2025, assim como o aumento da autonomia das suas baterias e a queda dos preços.

A nível mundial, a Noruega é o país com maior rapidez e crescimento deste mercado: um em cada três carros vendidos é elétrico. E a proporção não para de aumentar a cada mês que passa, influenciada pelos benefícios fiscais dados pelo Governo a quem adquire um veículo elétrico e pela melhoria das infraestruturas.

Também um estudo produzido pela McKinsey em parceria com a Bloomberg prevê que em 2030 mais de 60% dos carros a circular nas estradas dos países mais ricos sejam elétricos. Por outro lado, Martin Quail, diretor comercial da Alphabet (empresa de aluguer e gestão de veículos elétricos), disse ao The Telegraph que a adoção deste género de carros por parte das empresas pode representar para uma “poupança significativa”, além de que “a imagem da marca pode ser reforçada se as pessoas virem que a empresa é amiga do ambiente”.

PUB

Comentários ({{ total }})

Já são mais de dois milhões de carros elétricos no mundo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião