BCP faz avançar Lisboa na primeira sessão do mês

Fechado o período de negociação em bolsa dos direitos do aumento de capital, o BCP volta aos ganhos acentuados. O desempenho do banco permite à bolsa nacional acompanhar os ganhos na Europa.

A bolsa nacional prova os primeiros ganhos da semana com as ações do BCP em destaque pelo segundo dia consecutivo. Lisboa fechou janeiro com uma desvalorização mensal de 4% e dá início o segundo mês do ano em terreno positivo. E com isso acompanha os ganhos europeus.

O PSI-20, o principal índice português, abriu a sessão com ganhos ligeiros. Seguia em alta de 0,2% para os 4.484,32 pontos. Pela segunda sessão consecutiva, as ações do BCP destacam na praça nacional com um ganho de 2,3% para 0,16 euros. Termina esta quinta-feira o período em que os acionistas podem subscrever os direitos do aumento de capital do banco português. Já o período de negociação em bolsa destes direitos terminou na segunda-feira.

Outra ação em evidência no mercado nacional em janeiro foram os CTT. Os Correios avisaram que o negócio da entrega de correspondência baixou no final do ano passado devido aos feriados, numa altura em que um dos seus principais clientes também já anunciou que vai deixar as cartas para passar a aproveitar a comunicação digital – o Estado passar a notificar os contribuintes por via eletrónica. As ações tombaram mais de 10% na segunda. Ontem recuperaram parte desse tombo. E hoje volta a lamber a ferida, seguindo com uma valorização de 0,41% para os 5,18 euros.

Entre as grandes cotadas nacionais, a Galp perdia 0,04% e a EDP Renováveis cedia 0,2%. Desempenhos que eram contrabalançados com os ganhos (também ligeiros) da EDP e Jerónimo Martins, que avançam 0,3% e 0,06%, respetivamente.

No panorama europeu o otimismo era mais vincado. As bolsas do Velho Continente somam cerca de 0,9%, casos de Madrid, Frankfurt, Paris e Milão. Investidores estão hoje focados na temporada de resultados empresariais.

O BBVA, por exemplo, surpreendeu o mercado com um lucro de 678 milhões de euros no último trimestre do ano, valor que ficou bastante acima dos 520 milhões esperados pelos analistas sondados pela Bloomberg. As ações do segundo maior banco espanhol avançam mais de 2%.

(Notícia atualizada às 8h26)

Comentários ({{ total }})

BCP faz avançar Lisboa na primeira sessão do mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião