Governo quer rever em alta meta de crescimento para 2017

  • ECO
  • 15 Fevereiro 2017

O Orçamento do Estado para 2017 previa um crescimento de 1,5% para este ano, mas no Programa de Estabilidade, em abril, o número deverá subir, empurrado pelos novos valores do INE.

O Governo prevê rever em alta a meta de crescimento económico para 2017, segundo escreve o Expresso (acesso pago), impulsionado pelos números positivos registados no último trimestre de 2016, divulgados esta terça-feira.

Se no Orçamento do Estado para 2017 o Governo antevia que o país crescesse 1,5% este ano, o número deverá ser revisto em alta em abril, no Programa de Estabilidade, após serem conhecidos mais dados sobre a atividade económica do ano passado. Segundo o Expresso, ainda não existe um valor certo para a subida, mas a meta deve expandir-se algumas décimas.

Ontem, o INE surpreendeu ao revelar que o PIB português crescera 1,4% no total do ano, acima do esperado pelo Governo, embora menos do que em 2015, quando o crescimento se fixou nos 1,6%. O valor registado em 2016 resulta especialmente de uma melhoria económica no segundo semestre.

Em comunicado enviado pelo gabinete do ministro das Finanças, Mário Centeno, o Governo sustenta que o investimento suportou a aceleração do crescimento económico no quarto trimestre do ano passado. “Estes dados confirmam a solidez e o rigor das estimativas subjacentes ao Orçamento do Estado de 2017, reforçando a convicção do Governo nos pressupostos orçamentais e no crescimento em 2017“, lê-se no comunicado.

PUB

Comentários ({{ total }})

Governo quer rever em alta meta de crescimento para 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião