Lady Gaga apela à igualdade no espetáculo de intervalo da Super Bowl

  • Lusa
  • 6 Fevereiro 2017

Os palpites apontavam para um espetáculo com política à mistura e Lady Gaga cumpriu. Na final da Super Bowl, os Patriots ganharam, mas a igualdade de direitos também teve direito a holofotes.

A cantora Lady Gaga iluminou hoje a Super Bowl com uma atuação que incluiu mensagens patrióticas e referências subtis à integração de diferentes grupos, incluindo os homossexuais, afroamericanos e latinos, mas sem alusões diretas à administração Trump.

O concerto de Lady Gaga na final da Liga norte-americana de futebol americano – a Super Bowl – incluiu jogos de pirotecnia e cerca de 300 ‘drones’.

A estrela da pop tinha prometido um concerto “interessante e emocionante” que teria como únicas mensagens políticas as mesmas que tem defendido durante a sua carreira: a necessidade de igualdade e a ideia de que “o espírito deste país [EUA] é de amor, compaixão e amabilidade”, conforme declarações ao The New York Times.

Numa altura de divisão política nos Estados Unidos, Lady Gaga quis apelar à unidade patriótica, tendo iniciado o concerto com um mix do hino “God Bless America”, a canção “This Land Is Your Land” e o juramento de fidelidade à bandeira norte-americana.

A cantora optou por mensagens políticas subtis, como a sua “Born This Way”, uma canção em defesa dos homossexuais, e uma breve entoação no início do espetáculo de “This Land Is Your Land”, uma ode antifascista escrita em 1940 pelo cantor Woody Guthrie, que se tornou um hino alternativo dos EUA.

Também abraçou uma jovem afroamericana do público enquanto cantava “stay” (fica), o último verso da sua nova canção “Million Reasons”, a qual interpretou ao piano.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, assistiu ao espetáculo no próprio estádio, em Houston (Texas), enquanto o Presidente, Donald Trump, viu a partida da Super Bowl durante uma festa em West Palm Beach (Florida), onde passou o fim de semana na sua mansão.

Os New England Patriots venceram a 51.ª edição do Super Bowl, ao baterem no domingo os Atlanta Falcons por 34-28, após o primeiro prolongamento de sempre e depois de estarem a perder por 25 pontos, em Houston.

Comentários ({{ total }})

Lady Gaga apela à igualdade no espetáculo de intervalo da Super Bowl

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião