Trump trava entrada de Wall Street nos ganhos

As bolsas norte-americanas não estão a reagir muito bem ao travão que Trump quis colocar à entrada de refugiados nos EUA. O Dow Jones já esteve abaixo da fasquia dos 20 mil pontos.

Donald Trump quis travar a entrada de refugiados nos EUA. E as bolsas norte-americanas não estão a reagir bem. Terminaram a última sessão da semana passada a cair e hoje mantêm esta tendência. O índice Dow Jones já esteve abaixo da fasquia psicológica dos 20 mil pontos.

Numa ordem executiva assinada, Donald Trump suspendeu a entrada de refugiados nos Estados Unidos por pelo menos 120 dias e impôs um controlo mais severo aos viajantes oriundos do Irão, Iraque, Líbia, Somália, Síria e Iémen durante os próximos três meses. Esta tentativa de bloquear a entrada a refugiados — entretanto travada por uma juíza federal norte-americana — mereceu críticas por parte de alguns dos principais líderes mundiais. E está a ter um impacto negativo nas bolsas norte-americanas.

O principal índice de referência norte-americano, o S&P 500, abriu a sessão a cair 0,41% para os 2.285,21 pontos. O índice Dow Jones recua 0,46% para 20.001,97 pontos, tendo negociado por momentos abaixo da fasquia dos 20 mil. Já o tecnológico Nasdaq cede 0,77% para 5.617,13 pontos, numa semana que será marcada pela divulgação dos resultados da Apple.

“Hoje o foco está virado para as consequências da proibição de viajar de Trump“, dizem os analistas da Accendo Markets Mike van Dulken e Henry Croft. A medida começou a ser a implementada ainda na sexta-feira à noite, com vários refugiados, que estavam a caminho dos EUA quando a ordem foi dada, a verem vedada a entrada em território norte-americano.

PUB

Comentários ({{ total }})

Trump trava entrada de Wall Street nos ganhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião