Desemprego na Zona Euro no nível mais baixo dos últimos 7 anos

  • Leonor Rodrigues
  • 9 Janeiro 2017

A Alemanha é o país com a menor taxa de desemprego. Já a Grécia é o que contabiliza o maior número de desempregados. Ainda assim, os analistas esperam que a taxa continue a baixar.

O desemprego na Zona Euro está no nível mais baixo dos últimos sete anos, ao mesmo tempo que a economia continua a recuperar.

A taxa de desemprego estava, em novembro, nos 9,8%, de acordo com os dados do Eurostat, o instituto de estatística da União Europeia. Desde 2013 que o número de desempregados tem vindo a diminuir: nesse ano, a taxa situava-se nos 12,1%, antes de o Banco Central Europeu (BCE) implementar um programa de estímulos que ainda se mantém. Em dezembro, o presidente do BCE, Mario Draghi, anunciou a extensão do programa para o final deste ano, com o objetivo reduzir o desemprego estrutural e impulsionar o crescimento económico na Zona Euro.

“A taxa de desemprego deve continuar a baixar nos próximos meses”, afirma Holger Sandte da Nordea Markets à Bloomberg.

A confiança da Zona Euro também está a subir e atingiu em dezembro o seu nível mais alto dos últimos cinco anos, com as empresas a esperarem que a recuperação económica europeia continue. A Alemanha é o país que regista a taxa de desemprego mais baixa (4,1%) e a Grécia é o que contabiliza o maior número de desempregados, com a taxa a superar os 23%.

Editado por Mariana de Araújo Barbosa (mariana.barbosa@eco.pt)

Comentários ({{ total }})

Desemprego na Zona Euro no nível mais baixo dos últimos 7 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião