Snapchat acusado de divulgar números falsos aos investidores

Um ex-trabalhador processou a Snap Inc., acusando-a de divulgar números falsos para inflacionar a oferta pública inicial. Garante que foi despedido por não alinhar, mas a empresa nega tudo.

A Snap Inc., dona da aplicação de troca de mensagens e vídeos Snapchat, está a ser acusada de fornecer números errados para inflacionar o valor da entrada em bolsa que deverá acontecer este ano. Segundo o The Guardian, Anthony Pompliano, ex-trabalhador, garante que foi despedido em setembro de 2015 por recusar participar no esquema.

“O Snapchat não vai deixar que nada se atravesse no caminho em direção à oferta pública inicial (IPO), nem mesmo as obrigações legais de representar factos materiais com precisão”, lê-se no processo interposto por Pompliano, de acordo com o jornal britânico. Os dados a que se refere são, fundamentalmente, o número de utilizadores da aplicação e o crescimento.

Na queixa, Pompliano acusa o executivo Imran Khan e outros de “repetidamente” divulgarem números falsos aos investidores. Quanto a Evan Spiegel, criador do Snapchat e atual presidente executivo da empresa, o ex-trabalhador acusa-o de nunca se ter preocupado com algumas métricas, até perceber que poderiam influenciar os investidores na IPO.

A empresa já reagiu publicamente às acusações. Mary Ritti, porta-voz da Snap Inc., disse que a acusação “não tem mérito”: “Foi totalmente forjada por um antigo trabalhador descontente”, sublinha. O Snapchat tem-se preparado para a IPO em Nova Iorque, esperando uma valorização inicial na ordem dos 25 mil milhões de dólares.

Em novembro, a Snap Inc. submeteu rascunhos de toda a documentação necessária ao regulador norte-americano dos mercados. A entrada do Snapchat em bolsa poderá acontecer já em março e deverá ser o primeiro de uma série de unicórnios a testar o mercado — isto é, startups avaliadas em mais de mil milhões.

PUB

Comentários ({{ total }})

Snapchat acusado de divulgar números falsos aos investidores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião