O calendário da operação de troca de dívida do Novo Banco

As datas mais relevantes de um negócio que arranca esta terça-feira e, em caso de sucesso, termina a 4 de outubro.

O Novo Banco já apresentou aos obrigacionistas seniores a proposta de troca de dívida para que a instituição possa conseguir uma almofada adicional de capital, de 500 milhões de euros.

Ao contrário do que chegou a ser avançado, não haverá uma troca de obrigações por outras (de menor valor, ou menor cupão), mas sim por dinheiro. Ou seja, os obrigacionistas vão receber cash em troca da dívida detida, sendo que as obrigações serão avaliadas ao preço a que estão no mercado.

“A oferta prevê a compra de todas as obrigações referentes a 36 emissões do Novo Banco, é uma oferta com contrapartida em cash, proporcionará aos seus detentores um preço alinhado com o mercado e é acompanhada por uma operação de solicitação de consentimento de reembolso antecipado (consent solicitation)“, diz o banco em comunicado.

A oferta arranca esta terça-feira e termina a 2 de outubro de 2017, com liquidação prevista a 4 de outubro de 2017.

No Memorando da Oferta enviado à CMVM, o Novo Banco destaca as principais datas da operação:

Comentários ({{ total }})

O calendário da operação de troca de dívida do Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião