Meryl Streep para Trump: “Desrespeito convida ao desrespeito”

A atriz criticou o momento, ainda durante a campanha para as presidenciais, em que Trump imitou um jornalista com uma doença crónica, que limita o movimento dos seus braços.

Meryl Streep foi a estrela da noite dos Globos de Ouro e aproveitou o momento para deixar recados a Donald Trump. Sem nunca mencionar o nome do presidente eleito dos Estados Unidos, a atriz, que foi distinguida com o prémio carreira Cecil B. DeMille, deixou duras críticas a Trump e apelou à imprensa norte-americana que faça com que o presidente seja responsabilizado pelos seus atos.

“Houve uma performance este ano que me deixou impressionada. Não porque foi boa, não houve nada de bom nela. Mas foi eficaz e fez o seu trabalho. Fez o seu público-alvo rir e mostrar os seus dentes. Foi aquele momento em que a pessoa a pedir para se sentar no lugar mais respeitado do nosso país, imitou um jornalista com deficiência física. Alguém que ele ultrapassava em privilégio, poder e a capacidade de ripostar“, lembrou Streep.

A atriz referia-se ao momento, ainda durante a campanha para as presidenciais, em que Trump imitou um jornalista do New York Times que sofre de uma doença crónica, que condiciona o movimento dos seus braços.

"Quando os poderosos usam a posição deles para maltratar outros, todos perdemos.”

Meryl Streep

Atriz

Partiu o meu coração quando o vi e ainda não consigo tirar esse momento da minha cabeça, porque não foi num filme, foi na vida real. Este instinto para humilhar, quando vem de alguém da esfera pública, de alguém poderoso, afeta a vida de toda a gente, porque dá permissão para outras pessoas fazerem o mesmo”, continuou a atriz, para acrescentar: “Desrespeito convida ao desrespeito. Violência incita violência. Quando os poderosos usam a posição deles para maltratar outros, todos perdemos”.

Veja o momento em que Meryl Streep deixa os recados a Trump:

Entretanto, Trump respondeu a Streep, no Twitter. “Meryl Streep, uma das mais sobrevalorizadas atrizes de Hollywood, não me conhece mas atacou-me nos Globos de Ouro. Ela é uma lacaia de Hillary que perdeu em grande. Pela 100ª vez, nunca gozei com um jornalista com deficiência (nunca faria isso), simplesmente ensinei-lhe humildade quando ele mudou por completo uma história com 16 anos que ele tinha escrito para me fazer parecer mal. Apenas mais desonestidade nos media!”

Este é o momento em que Trump “não gozou” com o jornalista:

PUB

Comentários ({{ total }})

Meryl Streep para Trump: “Desrespeito convida ao desrespeito”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião