Caixa deve ter nova administração na próxima semana

Sobre a possibilidade de a operação de recapitalização da CGD poder vir a ter impacto no défice do Estado, Mário Centeno não abre o jogo.

António Domingues saiu da Caixa Geral de Depósitos no sábado e Paulo Macedo ainda não tem luz verde do Banco Central Europeu (BCE) para entrar e assumir a liderança do maior banco português. Nada que tire o sono a Mário Centeno.

Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o ministro das Finanças desdramatiza o vazio de poder na Caixa e diz esperar um ok do BCE à equipa de Paulo Macedo na próxima semana. Os nomes da equipa de Paulo Macedo, garante, já “foram testados”.

“Espero ter esse processo concluído nos próximos dias. Por próximos dias, eu diria que seria no decorrer da semana que vem, mas também gostava de frisar que é um processo que não depende do Governo, não depende do acionista — nem do Governo enquanto acionista, nem de outros acionistas…”, referiu o governante.

Depende, naturalmente, dos timings do BCE. Mas Centeno volta a frisar que “veria como expectável que nos próximos dias essa transição possa concluir-se”.

Sobre a possibilidade de a operação de recapitalização da CGD poder vir a ter impacto no défice do Estado, Mário Centeno não abre o jogo. Apenas diz que o facto de a operação não ter sido classificada por Bruxelas como ajuda de Estado deveria levar o Eurostat a classificá-la como investimento e não como despesa. Mas não arrisca nenhuma previsão.

Comentários ({{ total }})

Caixa deve ter nova administração na próxima semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião