Luís Figo “vende” moedas virtuais. E investir? “Ainda não. Sou tradicional”

O craque português, embaixador de uma empresa alemã que tem uma moeda virtual, disse que "ainda não" comprou criptomoedas. Mas não afasta a hipótese de vir a investir.

Luís Figo é embaixador da plataforma Football-Stars, que tem uma espécie de moeda virtual (token).D.R.

Luís Figo é embaixador da plataforma Football-Stars desde abril. O ex-futebolista Luís Figo “vende” a criptomoeda da plataforma, mas ainda não comprou nenhuma por, diz, ser “tradicional” no que toca aos investimentos. No entanto, não exclui a hipótese de também vir a tornar-se um investidor, de acordo com o site especializado CCN.

Desde meados de abril que o craque português é embaixador da Stryking Entertainment, uma empresa que recorre ao fenómeno das criptomoedas e à tecnologia blockchain para suportar uma plataforma de entretenimento desportivo chamada Football-Stars. Mas agora, questionado sobre se detém moedas virtuais, Luís Figo respondeu que “ainda não”.

“Não, ainda não. Ainda sou tradicional nessa área, mas é algo que está a ganhar expressão agora e claro que temos de estar informados e em cima do assunto”, apontou o antigo futebolista. Segundo o site, o ex-jogador disse também que sempre gostou do mundo dos negócios e, face ao fenómeno das criptomoedas, que é “muito novo”, explicou qual o objetivo da plataforma que decidiu apoiar.

“O nosso objetivo é criar uma grande comunidade para que a plataforma possa ficar mais interessante. Queremos juntar os fãs para que possam contribuir para o desenvolvimento com novas ideias, para a tornar ainda mais interessante. Quando é interessante, as pessoas gostam mais e ficam mais contentes”, indicou Luís Figo, citado pelo mesmo site.

Não, ainda não [comprei criptomoedas]. Ainda sou tradicional nessa área, mas é algo que está a ganhar expressão agora e claro que temos de estar informados e em cima do assunto.

Luís Figo

A Stryking Entertainment é uma empresa com sede em Berlim, na Alemanha, e liderada por Dirk Weyel. Com a plataforma desportiva Football-Stars, a companhia lançou também um token, que funciona como uma moeda virtual, ao qual chamou de STRYKZ. Esta moeda pode depois ser usada na plataforma para completar desafios em torno do imaginário futebolístico. No site do jogo surge uma fotografia de Luís Figo, com a mensagem: “Acha que consegue vencer-me?”.

Quando se soube da associação de Luís Figo à Stryking Entertainment, o ex-internacional português disse ao site CCN que gostou da ideia assim que a viu. “Quando ouvi falar do Football-Stars pela primeira vez, gostei imediatamente da ideia. O futebol é cada vez mais conduzido por dados com estatísticas detalhadas de todo o jogo — é isto que a plataforma da Stryking faz para criar uma experiência apelativa para os fãs”, afirmou.

“Fico contente em ajudar a experiente equipa da Stryking e espalhar a mensagem acerca da plataforma que permite aos fãs ficarem envolvidos com as equipas e com os jogadores que estão a apoiar”, concluiu Luís Figo.

Comentários ({{ total }})

Luís Figo “vende” moedas virtuais. E investir? “Ainda não. Sou tradicional”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião