Novo Banco sai da Venezuela. Vende sucursal à Bancamiga

A instituição financeira liderada por António Ramalho desfez-se dos ativos que tinha na Venezuela, vendendo a sucursal no país ao Bancamiga.

O Novo Banco vendeu a sua sucursal na Venezuela. A compradora foi a Bancamiga, anunciou ao mercado o banco liderado por António Ramalho. Com esta operação, o Novo Banco deixa de ter ativos na Venezuela e dá mais um passo na alienação de ativos não estratégicos já prevista.

“O Novo banco, S.A. informa que após a obtenção das necessárias aprovações, nomeadamente junto do Banco de Portugal e da autoridade reguladora do setor financeiro na Venezuela, e o cumprimento da totalidade das demais condições precedentes, foi concretizada a venda dos ativos e passivos da Sucursal na Venezuela do Novo banco ao Bancamiga, Banco Universal, C.A., da Venezuela”, informa o Novo Banco em comunicado enviado à CMVM. Acrescenta ainda que com a conclusão da transação o banco que resultou da resolução do BES “deixa de ter qualquer atividade bancária na Venezuela“.

No comunicado enviado ao regulador do mercado de capitais não é avançado o valor angariado com esta operação que se insere no âmbito da alienação e ativos prevista pelo banco. “Esta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Novo banco, prosseguindo a sua estratégia de foco no negócio bancário doméstico e ibérico”, concluiu precisamente o banco no comunicado.

Entre essas alienações incluem-se a venda do GNB Vida na área dos seguros, que se encontra em fase de conclusão, havendo apenas um candidato: o norte-americano Global Bankers.

O Novo Banco também já vendeu o edifício que era a sede do antigo BES, tendo angariado com essa operação 60 milhões de euros. Alienou também outros dez edifícios situados também em Lisboa por um total de 50 milhões de euros. Em agosto do ano passado, a instituição financeira liderada por António Ramalho também anunciou a venda de 90% do Banco Internacional de Cabo Verde à sociedade IIBG Holdings, do Bahrein.

(Notícia atualizada às 17h49 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Novo Banco sai da Venezuela. Vende sucursal à Bancamiga

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião