Economia britânica cresce mais do que o previsto

  • Leonor Rodrigues
  • 26 Janeiro 2017

O crescimento económico do Reino Unido foi maior do que o que previam os analistas, graças aos serviços e ao aumento do consumo.

A economia britânica cresceu mais rapidamente do que o previsto no último trimestre do ano passado e continua a desafiar as expectativas de que a saída do Reino Unido da União Europeia vai travar o crescimento do país.

Os analistas da Bloomberg previam um crescimento de 0,5% da economia do Reino Unido, mas, na realidade, este crescimento situou-se nos 0,6%. O setor dos serviços foi, em grande parte, o responsável por este crescimento mas o aumento do consumo também contribuiu.

Desde que o Brexit foi a votos, em junho, o Reino Unido tem sido penalizado com a queda da libra e pelo aumento da inflação, com os investidores relutantes em apostar no país devido à incerteza no futuro. A primeira-ministra, Theresa May, pretende implementar várias medidas para minimizar o impacto desta saída na economia, nomeadamente atrair empresas e instituições financeiras com uma regulação menos rígida e impostos mais baixos. No entanto, para que as negociações do Brexit comecem, o Parlamento britânico ainda as vai ter de aprovar.

Comentários ({{ total }})

Economia britânica cresce mais do que o previsto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião