EDP em queda leva bolsa a cair quase 1%

O PSI-20 abriu em terreno negativo, após duas sessões de ganhos, condicionada pelo deslize dos títulos da EDP, mas também da Galp Energia.

A bolsa nacional inverteu de sentido após duas sessões consecutivas de ganhos. O índice PSI-20 arrancou a sessão desta quinta-feira no vermelho, pressionado pela quebra dos títulos do setor energético, mas sobretudo devido à quebra de 2% da EDP.

O PSI-20 arrancou a perder 0,37%, para os 4.589,05 pontos, mas está já a perder quase 1% com a EDP a ser a principal responsável pelo deslize do índice luso. As ações da energética recuam 1,87%, para os 2,78 euros, depois de o Société Générale ter baixado a recomendação da EDP para “vender”. O comportamento do índice nacional está ainda a ser condicionado pelo desempenho negativo da Galp Energia. As ações da empresa petrolífera recuam 0,7%, para os 14,12 euros, em contraciclo com a evolução dos preços do petróleo que somam em torno de 1% nos mercados internacionais.

No mesmo sentido seguem os títulos do BCP, que recuam 2,55%,para os 15,69 cêntimos, no dia em que arrancou a negociação de direitos ao aumento de capital do banco liderado por Nuno Amado. As ações estão a ser pressionadas pelos direitos que arrancaram a sessão a 61 cêntimos, uma queda acentuada face ao valor teórico de mais de 1,00 euros registado no final da última sessão.

Referência negativa também para as ações da Jerónimo Martins que perdem 0,35%, para os 15,78 euros, em contraciclo com a retalhista concorrente do PSI-20.

As ações da Sonae SGPS estão entre as que mais ganham na bolsa nacional — 1,75% para os 87 cêntimos — depois de nesta quarta-feira a empresa ter apresentado as suas vendas preliminares relativas ao retalho (alimentar e não alimentar) durante o último trimestre de 2016, as quais atingiram os 1433 milhões de euros, o que representa um crescimento anual de 9%. O BPI destaca no seu diário de bolsa que o resultado anunciado pela holding liderada por Paulo Azevedo “situa-se 2% acima das previsões do BPI Equity Research, devido à performance melhor do que o esperado da divisão de retalho não alimentar.

Nota positiva também para a Semapa, cujas ações são as que mais ganham em Lisboa: 2,27% para os 13,05 euros.

Já os principais índices bolsistas europeus aceleram na generalidade nos principais mercados, pelo segundo dia.

PUB

Comentários ({{ total }})

EDP em queda leva bolsa a cair quase 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião