Estas são as portuguesas mais poderosas no mundo dos negócios, segundo a Forbes

Entre as portuguesas mais poderosas nos negócios encontram-se figuras que se destacam nacional e internacionalmente, como a presidente da Fundação Calouste Gulbenkian ou a fundadora da Parfois.

Na União Europeia apenas um terço de todos os gestores eram mulheres no ano passado. Mas esta tendência está a inverter-se, e cada vez mais os lugares de topo vão sendo preenchidos pelo sexo feminino. Uma mudança que também se sente por cá, com cada vez mais portuguesas na liderança. Mas quem são mais poderosas no mundo dos negócios?

A Forbes Portugal elaborou uma lista das 20 líderes portuguesas “que moldam projetos à sua imagem, que deixam marca sem pedir licença, que gerem com brilhantismo milhões de euros e centenas de pessoas”.

A publicação destaca Isabel Mota, na capa da edição de novembro, como uma das portuguesas que mais brilhou este ano. Foi em maio do ano passado que a antiga secretária de Estado assumiu a presidência do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian, depois de uma carreira preenchida.

A capa da Forbes Portugal de novembro.Forbes

Apesar deste enfoque, é Maria Ramos que encabeça a lista. A economista luso-sul-africana é a responsável pelo maior banco africano, o ABSA Bank, desde 2009. Segue-se Paula Amorim, que está à frente do grupo empresarial da família mais rica de Portugal, e Cláudia Azevedo, que vai tomar as rédeas do grupo Sonae, e suceder a Ângelo Paupério e Paulo Azevedo.

Depois da “senhora Gulbenkian” está Isabel Vaz, a cara da saúde privada em Portugal que construiu o grupo Espírito Santo Saúde de raiz, agora Luz Saúde.

Estão ainda presentes na lista duas figuras do setor da moda e do bem-estar que se destacam internacionalmente: a diretora-geral da L’Oréal Thailand, Inês Caldeira, e a fundadora da Parfois, Manuela Medeiros. Conheça o top 10 das mulheres portuguesas mais poderosas no mundo dos negócios:

  1. Maria Ramos, Presidente do ABSA Bank
  2. Paula Amorim, Presidente da Amorim Investimentos e Participações
  3. Cláudia Azevedo, Presidente-executiva da Sonae (a partir de 2019)
  4. Isabel Mota, Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian
  5. Isabel Vaz, Presidente do comité executivo do grupo Luz Saúde
  6. Ana Meneres de Mendonça, Presidente da Promendo (holding que detém participações na Altri, Cofina e F. Ramada)
  7. Inês Caldeira, Directora-geral da L’Oréal Thailand
  8. Manuela Medeiros, Fundadora da Parfois
  9. Isabel Furtado, Presidente-executiva da TMG Automotive
  10. Patrícia Bensaude, Presidente do grupo Bensaude

Comentários ({{ total }})

Estas são as portuguesas mais poderosas no mundo dos negócios, segundo a Forbes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião