Sonae continua expansão internacional

Grupo fechou o ano com 259 lojas fora de Portugal. A Sports&Fashion (Sport Zone, MO, Zippy, Losan e Salsa) teve um crescimento em termos de vendas internacionais de 93%.

A Sonae continua na saga da internacionalização. O grupo coliderado por Ângelo Paupério e Paulo Azevedo fechou o ano de 2016 com 259 lojas fora de Portugal, mais 66 do que as que tinha em 2015.

Luís Reis, Chief Corporate Center Office (CCCO) da Sonae adiantou ao ECO que “este número é bem exemplificativo do esforço que a Sonae está a fazer a nível internacional e, neste número, não contamos com os inúmeros pontos de distribuição que temos espalhados pelo mundo. Estamos apenas a falar de lojas controladas por nós”.

Na Sports and Fashion, onde se incluem as insígnias como a Sport Zone, MO, Zippy, Losan e Salsa, o crescimento internacional é também notório. Esta divisão da Sonae SR fechou o ano com um volume de vendas de 529 milhões de euros, um crescimento de 31,3% face a igual período do ano anterior. Para este valor contribuíram especialmente a Losan e a Salsa, ainda que o resto do portfólio tenha tido também um comportamento positivo.

Luís Reis diz que, nesta área, “o crescimento das vendas internacionais é de 93%, ou seja, quase que mais do que duplicou face ao ano anterior”. De referir que na Sports and Fashion, a Losan consolida resultados desde 1 de janeiro de 2016, enquanto a Salsa desde o início do segundo semestre do ano.

No total, e incluindo o mercado nacional, em termos de lojas, a Sonae abriu ao longo do ano 212 novas unidades.

"[A Sonae MC] superou os mil milhões de euros, no trimestre, o que é demonstrativo do reforço de tendência da liderança no mercado português e ganho de quota de mercado.”

Luís Reis

CCCO do grupo Sonae

Sobre o volume de vendas do grupo dadas a conhecer, esta quarta-feira, ao mercado, e que superaram pela primeira vez os cinco mil milhões de euros, Luís Reis diz que se trata de “uma aceleração de todas as tendências de crescimento que temos vindo a registar”. O CCCO do grupo destaca ainda o valor alcançado pela Sonae MC, (que agrega as insígnias Continente, Continente Bom Dia, Meu Super e Go Natural), no último trimestre do ano, altura em que “superou os mil milhões de euros e que é demonstrativo do reforço de tendência da liderança no mercado português e ganho de quota de mercado”.

Supermercados saudáveis em expansão

Depois de ter adquirido a participação de 51% na “Go Well” que em Portugal opera sob a marca “Go Natural”, a Sonae inaugurou, em Lisboa, o primeiro supermercado especializado em alimentação saudável. A experiência piloto está a correr bem ao ponto que a Sonae está a equacionar abrir novos “supermercados saudáveis”.

Luís Reis diz que as primeiras impressões não podiam ser melhores “uma vez que está a superar os nossos cenários mais otimistas”. Luís Reis não descarta a abertura de novas lojas biológicas, até porque “como já tínhamos dito numa primeira fase queríamos testar Lisboa e Porto”.

Reis adianta ainda que “o conceito de supermercado saudável pode também ser encontrado dentro das outras lojas do grupo, ainda que de uma forma mais residual”.

PUB

Comentários ({{ total }})

Sonae continua expansão internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião