Vendas da Sonae superam os cinco mil milhões

As vendas preliminares da Sonae, onde se incluem as áreas de retalho alimentar e não alimentar, cresceram 7,2% para os 5,2 mil milhões de euros.

As vendas da Sonae das áreas alimentar e não alimentar superaram os 5,2 mil milhões de euros em 2016. Um valor tanto mais significativo na medida em que o volume de vendas de todo o grupo Sonae (onde se inclui a NOS, Sonae Sierra e Sonae IM), só em 2015 tinha conseguido superar a fasquia dos cinco mil milhões de euros.

Para este valor, que implica um crescimento de 7,2% face a 2015, terão contribuído todas as unidades do grupo.

Na área de retalho alimentar, centralizada na Sone MC, as vendas totalizaram os 3,687 mil milhões de euros, um crescimento de 5,6%. Ainda dentro da Sonae MC destaque para o último trimestre do ano, altura em que a área alimentar atingiu pela primeira vez, num trimestre, a fasquia dos mil milhões de euros.

Em comunicado, a Sonae destaca que o desempenho da Sonae MC beneficiou “da variação positiva de vendas no universo comparável de lojas e do aumento da área de vendas”. No universo comparável de lojas a variação de vendas foi de 1,9%.

Luís Moutinho, CEO da Sonae MC adianta, em comunicado, que “estes resultados são igualmente importantes para os trimestres que se avizinham, uma vez que comprovam que possuímos a estratégia e recursos adequados para atingir os nossos objetivos”.

"Estes resultados são igualmente importantes para os trimestres que se avizinham, uma vez que comprovam que possuímos a estratégia e recursos adequados para atingir os nossos objetivos.”

Luís Moutinho

Ceo da Sonae MC

Na área de retalho especializado, o volume de negócios atingiu os 1,439 mil milhões de euros no exercício de 2016, um crescimento de 11,2% face ao período homólogo do ano anterior. A exemplo do que sucedeu com a área alimentar, o retalho especializado teve um comportamento bastante positivo no último trimestre do ano registando um crescimento de 14,4%.

A Sonae imputa este crescimento à Worten e à divisão de Sports and Fashion, onde se inclui a Sport Zone, MO, Zippy, Losan e Salsa.

Em termos de insígnias de referir que a Worten cresceu 2,1% para os 910 milhões de euros, tendo aumentado a quota de mercado em 10 pontos base.

Já a divisão Sports and Fashion cresceu 31,1% em 2016, beneficiando dos resultados da Losan e da Salsa.

A nível internacional, “as áreas de retalho da Sonae prosseguiram com a sua expansão e entraram em novos mercados através de lojas próprias, franchising e exportação de produtos, aproveitando as suas vantagens competitivas”.

"O volume de negócios da Sonae SR atingiu os 1,439 mil milhões de euros, em resultado do crescimento do volume de negócios quer da Worten, quer da divisão de Sports and Fashion"”

Miguel Mota Freitas

Ceo da Sonae SR

Miguel Mota Freitas, CEO da Sonae SR diz em comunicado que: “O volume de negócios da Sonae SR atingiu os 1,439 mil milhões de euros, em resultado do crescimento do volume de negócios quer da Worten, quer da divisão de Sports and Fashion”.

Comentários ({{ total }})

Vendas da Sonae superam os cinco mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião