10 livros de negócios para ler em 2017

  • Ana Luísa Alves
  • 2 Janeiro 2017

Se está à frente de uma empresa, a pensar lançar-se num novo projeto, ou simplesmente se interessa pelo mundo dos negócios, estes dez livros podem ser uma boa opção para se preparar.

Da liderança de uma empresa à vontade de criar uma, são vários os motivos que o podem levar a precisar de novas ideias para o ano que se aproxima a passos largos. Para que se inspire, a Fast Company reuniu dez livros de leitura “obrigatória” que foram escritos no ano passado, para ler em 2017.

Grit: The Power of Passion and Perseverance

O livro de Angela Duckworth está entre os best-seller do The New York Times, e trata o “grit” (determinação), a tendência para conseguir manter o interesse e o esforço para atingir um objetivo a longo prazo, e com auto-controlo e consciência necessários para tal. Este livro explica como é que há pessoas que levam avante as suas metas e planos, enquanto que há pessoas que não têm esta tendência natural para lutar e não desistir, acabando por pôr de lado os objetivos.

O livro já está disponível para venda em Portugal, editado pela Vogais, uma chancela da 20|20 Editora. Tem o nome de “O Poder da Paixão e da Perseverança”, e custa 19,99 euros. Pode ser comprado nas livrarias Bertrand, Fnac, Wook, Sítio do livro, livraria Apolo 70 e ainda na Booksmarket.

Competing Against Luck: The Story of Innovation and Customer Choice

Com os co-autores, Clayton M. Christensen fala acerca de as empresas estarem a passar por uma fase de “disrupção da inovação”. Assim, a autora refere que os clientes estão à procura de produtos e serviços para cargos específicos. Quando as empresas se focam no emprego, conseguem inovar mais efetivamente para ganhar mercado e a lealdade dos clientes. Usando os exemplos do mundo real, como a Amazon e a Airbnb, a mensagem do livro torna-se mais fácil de transpor para o pensamento no mundo de negócios.

Here’s the Plan: Your Practical, Tactical Guide to Advancing Your Career During Pregnancy and Parenthood by Allyson Downey

Embora muitos locais de trabalho se definam como lugares onde o ambiente é “de família”, as mulheres continuam a enfrentar dificuldades no que toca à maternidade, e posteriormente, à licença de parto. Allyson Downey, autora do livro, junta alguns dos conselhos que tem para dar sobre a ligação entre o trabalho e a família, e entre a sua faceta de empreendedora e de mãe de duas crianças. O resultado é um guia para mulheres, e homens, que estão prestes a tornar-se pais.

Deep Work: Rules for Focused Success in a Distracted World

Cal Newport escreveu um guia para que se volte a concentrar no trabalho e retome as ideias que já tinha arrumado. O autor explica como a faceta “multitasking” pode tornar cada um de nós mais fraco ou menos eficiente a nível cognitivo. Este livro leva os leitores a um treino que os faz manter o foco e a reforçá-lo, tornando mais efetivo e melhor o trabalho, numa tarefa de cada vez, até que esta esteja concluída. Este guia já foi distinguido pelo The Wall Street Journal e pela Amazon.

Disrupted: My Misadventure in the Start-Up Bubble

Quando foi a última vez que um livro de negócios foi um dos melhores que leu? O autor Dan Lyons trouxe a sua faceta de “multitalentos” para um livro dirigido às startups tecnológicas. A partir do momento em que o seu patrão e o seu velho amigo, Abby, o despediu do seu trabalho na Newsweek, não é difícil que o leitor acabe por torcer por ele. Lyons acaba por aterrar no mundo do marketing e vendas, na HubSpot, onde a maioria dos empregados tem metade da sua idade. Neste livro, o autor revive o ano que passou na startup com descrições hilariantes e importantes observações culturais, ao mesmo tempo que partilha as lições que aprendeu de reinvenção de carreira na era tecnológica.

The Signals Are Talking: Why Today’s Fringe Is Tomorrow’s Mainstream

Quando Amy Webb publicou o relatório das tendências tecnológicas em dezembro, o site do Instituto Future Today ficou offline devido à incapacidade de aguentar os inúmeros acessos. Depois de participar num TED talk, Amy Webb tornou-se ainda mais conhecida e agora dedica-se a mostrar ao público os sinais na sociedade a que muito poucos prestam atenção, usando exemplos de sucesso, como a Nintendo, e de fracasso, como a BlackBerry, para formular um guia acessível a todos, onde pretender mostrar a atenção que deve ser dada às tendências que ainda vão dominar os negócios.

Whiplash: How to Survive Our Faster Future

Pode parecer que a mudança acontece mais rápido do que, mas isto é difícil de quantificar. O diretor da MIT Media Lab, Joichi Ito, e o editor, Jeff Howe, acreditam que os seres humanos têm um conjunto de crenças ao longo da vida. O problema é que essas crenças mascaram aquilo que não se conhece. Usando nove princípios estruturais, Ito e Howe pedem ao leitor que se questione sobre as coisas em que acredita, para que as pessoas se tornem mais abertas à aprendizagem, à adaptação e sobretudo à mudança.

The Second Machine Age: Work, Progress, and Prosperity in a Time of Brilliant Technologies

Imagine um mundo onde as máquinas permitem a cada um trabalhar nos projetos pelos quais é apaixonado sem a preocupação e o tempo perdido nas tarefas mais rotineiras. Erok Brynjolfsson e Andrew McAfee, do Instituto de Centro de Tecnologia para Negócios Digitais, mostram a possibilidade da inovação na robótica, inteligência artificial, e outras tecnologias. A visão dos autores é utópica, mas ainda assim dão a informação necessária sobre como a tecnologia vai revolucionar a maneira como trabalhamos. Mais um The Wall Street Journal best seller, e também do Washington Post.

The New Alpha: Join the Rising Movement of Influencers and Changemakers Who are Redefining Leadership

O livro de Danielle Harlan faz com que queira ser um líder melhor. É um livro motivacional, e, segundo o Fast Company, funciona. A autora dá-lhe permissão para desenvolver o seu próprio estilo. Siga os conselhos: faça exercício, cuide de si, e inspire-se no guia que a autora lhe dá para se “auto” ajudar a ser melhor naquilo que faz e com as pessoas que lidera.

The Content Trap: A Strategist’s Guide to Digital Change by Bharat Anand

O professor da escola de negócios de Harvard, Bharat Anand, fala sobre o que a era digital trouxe: oportunidades sem precedentes para aqueles que sabem gerir as ligações que criam, de modo a trazer enormes benefícios para os negócios e as empresas. The Wall Street Journal apelidou-o como o livro que permite “pensar mais claro”.

PUB

Comentários ({{ total }})

10 livros de negócios para ler em 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião