Feriados e pontes: veja o calendário do próximo ano

Em 2017, são cinco os fins-de-semana prolongados e cinco os feriados que permitem 'pontes'.

O calendário de 2017 promete várias possibilidades de gozar fins-de-semana prolongados ou de aproveitar feriados que permitem ‘pontes’.

Contando com o Carnaval – que por lei não é um feriado obrigatório mas que está previsto em várias convenções coletivas – são cinco os feriados que calham a uma terça ou quinta-feira em 2017, permitindo ‘pontes’.

Depois, ainda há cinco feriados colados ao sábado ou domingo. Acresce o dia 1 de janeiro de 2018, uma segunda-feira que permitirá prolongar o último fim-de-semana do ano de 2017.

Olhando para os feriados municipais, as possibilidades podem ser ainda mais vastas. Desde logo, o feriado de Lisboa – 13 de junho – calha a uma terça-feira no próximo ano. Confirma em baixo todas as pontes e feriados.

 

28 fev: Terça-feira de Carnaval

 

14 abr: Sexta-feira Santa; 25 abr: Dia da Liberdade

 

1 mai: Dia do Trabalhador

 

13 jun: Dia de Santo António (Feriado Municipal em Lisboa); 15 jun: Corpo de Deus

 

 

5 out: Implantação da República

 

1 dez: Restauração da Independência; 8 dez: Dia da Imaculada Conceição; 25 dez: Natal

 

De acordo com o Jornal de Notícias, os feriados são vistos como forma de reforçar a faturação em setores como o turismo, comércio e lazer, mas são sinónimo de prejuízo noutras áreas.

O setor da metalurgia e metalomecânica, por exemplo, calcula que o valor acrescentado perdido ronde os 90 milhões de euros com o regresso dos quatro feriados suspensos em 2013. Em causa estão os feriados do Corpo de Deus, 5 de outubro, 1 de novembro e 1 de dezembro, que voltaram ao calendário este ano.

Também a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP) diz que o regresso destes feriados implica perdas de 200 milhões de euros, continua o JN, que faz hoje chamada de capa com este assunto.

Comentários ({{ total }})

Feriados e pontes: veja o calendário do próximo ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião