ASAE instaura cinco processos-crime por jogo ilegal e detém oito pessoas

  • ECO
  • 14 Janeiro 2017

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou cinco processos-crime e deteve oito pessoas em flagrante delito por exploração e prática de jogo clandestino na zona Norte do país.

Oito pessoas foram detidas em flagrante delito, no Norte do país, por jogo ilegal. A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), responsável pelas detenções, abriu ainda cinco processos-crime.

Num comunicado divulgado este sábado, citado pela Lusa, a ASAE conta que desenvolveu nos primeiros dias deste ano ações de fiscalização de combate ao jogo ilegal em estabelecimentos de restauração e bebidas situados na região Norte, concretamente nos concelhos de Amarante, Gondomar, Mondim de Basto, Viana do Castelo e Vila Nova de Gaia.

Na sequência das fiscalizações foram instaurados cinco processos-crime e foram detidas em flagrante delito oito pessoas, que foram constituídas arguidas e que aguardam com termo de identidade e residência os respetivos processos.

A ASAE apreendeu diverso material usado na prática de jogo ilegal, como cinco computadores, duas máquinas de roleta, impressoras, telemóveis e dinheiro, num valor que ronda os 33.500 euros.

Na nota de imprensa, a ASAE informa que vai continuar as ações repressivas em matéria de jogo ilícito.

Comentários ({{ total }})

ASAE instaura cinco processos-crime por jogo ilegal e detém oito pessoas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião