Paulo Trigo Pereira assume presidência da comissão de inquérito à CGD

O cargo será assumido apenas temporariamente, uma vez que cabe aos requerentes da Comissão Parlamentar de Inquérito, no caso o PSD e o CDS-PP, nomearem o presidente da mesma.

O deputado socialista Paulo Trigo Pereira vai assumir, temporariamente, a presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD), depois de Matos Correia, deputado do PSD, ter renunciado a esse cargo. A decisão de nomear o deputado socialista partiu de Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República.

Numa breve comunicação, Trigo Pereira refere que só assumirá o cargo num “período de tempo razoável”, já que cabe ao PSD e ao CDS-PP, os partidos que requereram a comissão, nomear um presidente.

José Matos Correia apresentou, esta manhã, a demissão da presidência da CPI que está a analisar os últimos dez anos de gestão do banco público. A justificar a decisão do deputado social-democrata está o bloqueio da maioria de esquerda ao pedido do PSD e do CDS para ter acesso aos emails e SMS trocados entre Mário Centeno e António Domingues.

Para Matos Correia, este bloqueio representa uma violação dos “direitos das minorias” e subverte o objetivo das comissões parlamentares de inquérito.

Notícia atualizada às 18h58 com mais informação.

PUB

Comentários ({{ total }})

Paulo Trigo Pereira assume presidência da comissão de inquérito à CGD

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião