PCP propõe encontro com trabalhadores da Carris e STCP

Poucos dias depois de o pedido de apreciação parlamentar ter dado entrada no Parlamento, o PCP vai reunir com organizações de representantes dos trabalhadores das empresas de transportes.

Os comunistas vão reunir com os trabalhadores da Carris e da STCP, depois de no final da semana passada ter pedido uma apreciação parlamentar sobre a transferência da gestão da Carris do Estado para a Câmara de Lisboa. Em causa pode estar a formação de uma nova maioria negativa com o apoio do PSD e CDS, semelhante ao que aconteceu no caso da TSU.

“O PCP propôs um encontro com todas as organizações representativas dos trabalhadores da Carris na Assembleia da República, quinta-feira, pelas 14h e com as organizações representativas dos trabalhadores da STCP, segunda-feira, no Porto”, comunicaram os comunistas esta segunda-feira de noite. Fonte oficial do partido explicou ao ECO que esta proposta vai ao encontro de alguns pedidos feito por essas organizações ao PCP.

Em debate vai estar o futuro de ambas as empresas públicas de transporte que, em 2017, passam a ser geridas pelos respetivos municípios. O Partido Comunista não concorda com essa transferência e, por isso, pediu uma apreciação parlamentar, um meio que o Parlamento tem para cessar a vigência ou para propor propostas de alteração a um decreto-lei do Governo.

O Partido Socialista quer dialogar sobre o assunto com o PCP. O PSD não garante ainda que vota ao lado dos comunistas para viabilizar, na prática, a revogação da passagem da Carris para Fernando Medina, mas um dos vereadores social-democrata já manifestou o seu apoio por ser uma “solução melhor”.

PUB

Comentários ({{ total }})

PCP propõe encontro com trabalhadores da Carris e STCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião