Ciência

A "ilha de pedra" precisa de mais interconexões com a UE para ultrapassar o estrangulamento nos Pirenéus. Mas não podem ser os contribuintes portugueses a pagar essas ligações, alerta eurodeputado.