Luz de Oeiras e Cascais já foi reposta

Várias zonas da periferia de Lisboa ficaram sem energia elétrica, confirmou o ECO, mas a luz já foi reposta em Cascais e Sintra, garante a EDP.

O fornecimento de energia aos concelhos de Cascais e Oeiras foi restabelecido cerca das 22h00, depois de uma explosão na subestação de Trajouce, em Cascais, ter provocado a falha no abastecimento de várias localidades, segundo fonte da EDP distribuição. A mesma fonte disse à agência Lusa que, além de localidades dos concelhos de Cascais e Oeiras, foram também afetadas “algumas localidades no concelho de Sintra”, mas que o fornecimento de energia foi “totalmente restabelecido cerca das 22:00”.

A linha de Cascais esteve às escuras esta sexta-feira. O apagão deu-se por volta das 20h10. Foi possível confirmar que o abastecimento de energia falhou em Paço d’Arcos, Parede, Estoril e Cascais. O centro comercial Cascais Shopping também foi afetado por esta interrupção de energia, assim como várias localidades em Sintra. Na zona ribeirinha de Lisboa, o ECO testemunhou uma falha de energia por breves instantes. No Twitter são múltiplas as queixas por causa do apagão. Três subestações entre Oeiras e Cascais estavam inativas.

A EDP Distribuição confirmou ao ECO, ao início da noite, ter detetado uma avaria numa instalação da elétrica em Trajouce, que deixou de alimentar várias subestações naquela região. Foram logo equipas para o terreno para perceber se os danos afetaram a totalidade dos equipamentos daquela instalação e quais podiam continuar a fornecer energia.

“O calor é muito, existe uma sobrecarga da rede muito grande, mas estamos em regime de alerta e conseguimos mobilizar muito rapidamente uma equipa para o local, que resolveu o problema com a maior celeridade, apesar de ser um problema de grande dimensão”, afirmou a mesma fonte à Lusa, já depois de ultrapassado o apagão. “Estamos em estado de alerta desde ontem [quinta-feira] e vamos continuar até às 23:59 de domingo”, acrescentou.

Aliás, havia relatos nas redes sociais que apontavam que a energia já tinha sido reposta em algumas localidades, por volta das 20h45. Uma fonte próxima da Infraestruturas de Portugal (IP) confirmou essa informação, ao ECO, e indicou que os técnicos estavam a apurar os motivos da quebra e a verificar a segurança das ligações.

Esta falha surgiu em plena vaga de calor em Portugal, com os termómetros a superarem os 40 graus celsius. Como revelou o ECO esta sexta-feira, com base em informações da REN, o consumo de energia atingiu um pico na quinta-feira, dia 2 de agosto, presumivelmente devido aos aparelhos de ar condicionado. Face a esta semana de calor, o setor do comércio está a prever um pico na procura por ventoinhas e ares condicionados.

(Notícia atualizada às 23h20)

Comentários ({{ total }})

Luz de Oeiras e Cascais já foi reposta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião