Saída de Tillerson arrasta Wall Street para o vermelho

A substituição do secretário de Estado Rex Tillerson por Mike Pompeo penalizou as negociações e arrastou os índices norte-americanos para terreno negativo. Nasdaq esteve sob especial pressão.

As bolsas norte-americanas voltaram a fechar em trajetória de queda, numa sessão em que o índice tecnológico recuou mais de 1%, influenciado por desempenhos negativos de empresas como a Microsoft, o Facebook e a Alphabet, dona da Google. A pressionar Wall Street estiveram também as empresas do setor energético.

A sessão desta terça-feira até arrancou a bom ritmo, face a dados que aliviaram receios dos investidores quanto ao aumento da inflação nos Estados Unidos, de acordo com a Reuters. No entanto, segundo a agência, a notícia da demissão do secretário de Estado Rex Tillerson, assim como a possibilidade de novos impostos protecionistas, acabaram por penalizar as empresas no mercado de capitais. Tillerson será substituído por Mike Pompeo, diretor da CIA.

Neste contexto, o S&P 500 derrapou 0,64% para 2.765,24 pontos. O industrial Dow Jones caiu 0,69% para 25.005,76 pontos. Já o tecnológico Nasdaq, que tinha contrariado o sentimento negativo na sessão de segunda-feira, acabou por eliminar os ganhos e derrapar 1,02%, cotando agora nos 7.510,99 pontos. As ações da Microsoft desvalorizaram 2,48%, enquanto as do Facebook perderam cerca de 1,6%.

As negociações em bolsa têm sido prejudicadas por um sentimento de receio face aos impostos que o Presidente Donald Trump anunciou sobre as importações de aço e alumínio. Teme-se que os custos das empresas aumentem e as taxas acabem por fazer mais mal do que bem à maior economia do mundo, num contexto em que a União Europeia já prometeu retaliar.

Por fim, a energia foi outro setor sob pressão, segundo a Reuters. O setor tem assistido a novas quedas no preço do petróleo. Esta terça-feira, o preço do barril negociado em Nova Iorque (contrato de WTI para entrega em abril) a 60,65 dólares, uma queda de 1,17% face à sessão anterior.

Comentários ({{ total }})

Saída de Tillerson arrasta Wall Street para o vermelho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião