Faz 18 anos? Parabéns! Vai receber um cheque para visitar museus

Cultura para todos foi o projeto mais votado no primeiro orçamento participativo. São 3,2 milhões de euros para 38 projetos. Para o ano há mais e com mais dinheiro - cinco milhões.

O projeto mais votado no âmbito do primeiro orçamento participativo chama-se Cultura para Todos. A seleção foi feita entre 600 projetos que concorriam aos 3,2 milhões de euros reservados a esta iniciativa inédita a nível mundial. Mas só vão ser executados dois a nível nacional e 36 a nível regional.

Maria Manuel Leitão Marques revelou esta manhã no Bom dia Portugal da RTP que o projeto vencedor “Cultura para Todos engloba três medidas: a primeira, um programa de incentivos para a doação de livros para bibliotecas no qual o doador recebe em troca um cheque livro; a segunda é um cheque cultura para todos os jovens que fazem 18 anos, o seu presente de aniversário, que durante um ano lhes permite o acesso gratuito a museus e espaços culturais e, finalmente, a criação de uma base de dados online gratuita para livros digitais em braille e áudio”.

O segundo mais votado foi na área da historiografia e tauromaquia, anunciou a responsável, especificando que se tratada de “deixar o registo histórico desta tradição”, ainda que haja quem não concorde com ela, admitiu.

Maria Manuel Leitão Marques fez um balanço “muito positivo” desta iniciativa e por isso, o Executivo decidiu voltar a inscrever a medida no Orçamento do Estado para 2018 e aumentar a sua dotação para cinco milhões de euros. Outra das alterações introduzidas será alargar o âmbito das áreas nas quais poderão ser apresentadas propostas de projetos de investimento, para haver “uma maior possibilidade de combinação de políticas públicas”.

Já Graça Fonseca, secretária da Modernização Administrativa na SIC Notícias sublinhou um outro detalhe revelador do “sucesso da iniciativa”. “Foram 80 mil portugueses a votar de todas as regiões. Não foram apenas jovens”, sublinhou. Questionada sobre a pequena dimensão da dotação do Orçamento participativo, a secretária de Estado lembrou que o Executivo até deu mais 200 mil euros do que estava inicialmente previsto, mas admitiu que a opção foi “começar de forma cautelosa”, até porque esta é uma iniciativa inédita.

A implementação do projetos vai ser feita a partir de agora.

 

PUB

Comentários ({{ total }})

Faz 18 anos? Parabéns! Vai receber um cheque para visitar museus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião