BCP empurra PSI-20 para o verde

O principal índice português fecha com nota positiva pela quarta sessão consecutiva, embora a subida seja tímida. É o BCP que mais ajuda na subida, e a Galp a cotada que mais pesa no sentido oposto.

O PSI-20, que após a saída do banco Montepio da bolsa conta com apenas 18 cotadas, terminou esta quarta-feira no verde, em sintonia com as principais praças europeias. É a quarta sessão consecutiva de ganhos, um ciclo que já não se repetia desde meados de julho. O BCP impulsiona, a Galp trava.

O mercado português fechou em alta. O PSI-20 registou uma subida de 0,6% para os 5168,88 pontos. A impulsionar o principal índice português esteve o BCP, que prolonga a tendência de ganhos verificada desde esta terça-feira — dia em que foi anunciado o reforço na participação da chinesa Fosun. As ações do banco de Nuno Amado recuperam após um longo ciclo de quebras, fechando a cotar nos 21,38 cêntimos, uma subida de 1,81%. Esta quarta-feira foram emitidos 850 milhões de euros em Obrigações do Tesouro a dez anos com um juro de 2,785%, o mais baixo do ano e o mais baixo desde novembro de 2015, que vem reforçar a confiança dos investidores.

No dia em que foram conhecidas as intenções da Gas Natural de se fundir com a EDP, a empresa de António Mexia sobe 0,81% para os 7,080 euros. A Pharol consegue a maior subida do dia, de 3,58% para os 31,8 cêntimos. Nota positiva também para a Sonae, que valorizou 1,69% para os 0,78 cêntimos, e para as papeleiras. O valor dos títulos da Altri subiram 1,30% para os 3,81 euros, aumento semelhante aos 1,39% da Navigator para os 3,73 euros.

A Galp é a cotada que regista a maior quebra do dia, de 1,12%. As ações caíram para os 14,10 euros na hora do fecho. A energética portuguesa trava os ganhos do índice num dia em que o barril de petróleo sobe mais de 1% tanto em Londres, a referência para a Europa, como em Nova Iorque. Esta quarta-feira, a Agência Internacional de Energia (AIE) reviu em alta ligeira a estimativa da procura mundial de petróleo para 2017 e 2018, apontando para uma subidas no preço do barril.

A Europa terminou o dia com o principal índice, o Stoxx 600 a valorizar, ainda que também timidamente: 0,4% para os 381,67 pontos. Entre as bolsas europeias, destaque para a praça espanhola que subia 0,47% à hora do fecho da bolsa portuguesa.

PUB

Comentários ({{ total }})

BCP empurra PSI-20 para o verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião