Intel compra Mobileye de olho no mercado automóvel

  • Jéssica Rocha
  • 13 Março 2017

A tecnológica norte-americana vai gastar mais de 15 mil milhões de dólares na compra da israelita Mobileye para entrar no mercado dos sensores contra colisão automóvel.

A Intel foi às compras. A gigante norte-americana chegou a acordo para comprar Mobileye, uma companhia de tecnologia israelita, num negócio de mais de 15 mil milhões de dólares. Com esta compra, a Intel reforça a sua posição na tecnologia cada vez mais utilizada pelas fabricantes de automóveis: a proteção contra acidentes.

A gigante norte-americana vai adquirir a empresa do ramo da tecnologia israelita por 63,54 dólares por ação, estando a pagar um total de cerca de 15,3 mil milhões de dólares. No mercado, a Mobileye está avaliada em 10,6 mil milhões de dólares.

Os investidores ficaram bastante satisfeitos. O acordo, que deverá estar concluído dentro de nove meses, fez disparar o valor das ações da empresa israelita em mais de 30%, de acordo com a Reuters.

A Mobileye é a líder na oferta de sensores de alerta contra colisão para automóveis. A Intel e Mobileye já colaboravam com a BMW num projeto que colocaria uma frota de 40 veículos automáticos para serem testados no mercado, o que deverá acontecer na segunda metade deste ano. A ideia é ter carros totalmente autónomos nas estradas em 2021.

A Mobileye foi fundada em 1999 e teve sempre como principal objetivo reduzir a sinistralidade automóvel. Contou, numa fase inicial, com um investimento de 130 milhões de dólares por parte do Goldman Sachs. Entrou para a bolsa de Nova Iorque em 2014, sendo agora adquirida pela Intel que tenta competir com empresas como a Qualcomm nesta indústria.

Comentários ({{ total }})

Intel compra Mobileye de olho no mercado automóvel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião