Wall Street com maior série de ganhos em 25 anos

Esta quarta-feira foi divulgada a inflação, em janeiro, nos EUA e o resultado surpreendeu os analistas. Este é mais um dado que fortalece os argumentos de Yellen. Wall Street continua em recordes.

Nos últimos dias tem sido este o cenário de Wall Street: recorde atrás de recorde, alimentado pela expectativa de aumento da taxa de juro. Esta quarta-feira, os principais índices norte-americanos atingiram máximos históricos pela quinta sessão consecutiva, algo que já não acontecia há um quarto de século. A última vez que tal aconteceu ainda George H. W. Bush era Presidente. Agora é Donald Trump.

Aos bons dados económicos, mas também à crescente expectativa quando à subida dos juros perante a subida da inflação para 2,5%, junta-se o cocktail de medidas de desregulação e investimento público pela nova administração que está quase há um mês na Casa Branca. Segundo uma nota da J.P. Morgan, citada pela Bloomberg, as ações norte-americanas entraram numa “fase de aceleração”. É isso que demonstra a evolução dos índices de Wall Street que terminaram esta quarta-feira em novos recordes.

O S&P 500 conseguiu hoje o mais longo período de ganhos em três anos ao valorizar pela sétima sessão de consecutivo. O índice fechou a valorizar 0,48% para os 2.348,85 pontos, beneficiado pelos dados surpreendentes das vendas dos retalhistas nos EUA. Este resultado sugere que as despesas dos consumidores norte-americanos estão a acompanhar o crescimento económico.

Os dados da inflação sustentam que o aumento da taxa de juro é mais realista. Essa perceção traduziu-se num aumento de 30% para 42% na probabilidade de um aumento do “preço do dinheiro” pela Reserva Federal já em março, adianta a Bloomberg. O Nasdaq atingiu a marca de sete dias seguidos a superar recordes, o que também aconteceu esta quarta-feira ao subir 0,64% para os 5.819,44 pontos.

O Dow Jones valorizou 0,52% para os 20.611,86 pontos. As ações da Goldman Sachs valorizaram 0,43% para os 250,54 dólares, assim como as do J.P. Morgan que apresentaram uma subida de 1,15% para os 90,59 dólares. O Bank of America também viu as suas ações subirem 2,16% para os 24,58 dólares por ação.

PUB

Comentários ({{ total }})

Wall Street com maior série de ganhos em 25 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião