Esqueceu-se do cartão? Levante dinheiro com o telemóvel

Nos Estados Unidos, o JPMorgan Chase já está a testar uma tecnologia que permite levantar dinheiro com recurso ao telemóvel. ATMs sem cartões são uma realidade cada vez mais próxima.

Levantar dinheiro com o telemóvel já é possível nos Estados Unidos. O banco JPMorgan Chase, que detém a maioria dos ATMs no país, está a testar uma tecnologia que substitui os cartões de débito por uma aplicação nos telemóveis dos clientes. Segundo a CNBC, a funcionalidade está disponível em algumas centenas de caixas, ao abrigo de um programa de teste em quatro cidades, entre elas Miami e São Francisco. Até ao momento, mais de 6.000 clientes já podem usá-la, avança a estação televisiva.

Na base da ideia, o facto de muita gente dar mais importância ao telemóvel do que à carteira. É uma tendência já evidente e que tem vindo a resultar no desenvolvimento de soluções de pagamento digitais para além dos cartões físicos de crédito e débito. A MasterCard, por exemplo, até já tem um robô.

Para além do JPMorgan Chase, quer o Bank of America, quer o Well Fargo planeiam incluir, em breve, novas tecnologias nos ATMs que permitam executar operações sem recurso a cartões. À CNBC, Jonathan Valline, responsável pelos ATMs do Wells Fargo, explicou que é tudo “uma questão de escolha”: “Se perdeu o cartão ou deixou a carteira em casa, é provável que ainda tenha o telemóvel consigo”, defendeu.

Se perdeu o cartão ou deixou a carteira em casa, é provável que ainda tenha o telemóvel consigo.

Jonathan Valleine

Responsável pela rede de ATMs do Wells Fargo

Segurança é um problema

Ao surgimento de novas soluções está sempre associado um risco. Mais propriamente, risco de que alguém mal-intencionado encontre formas de roubar dinheiro. E o certo é que já aconteceu: uma cliente do JPMorgan Chase viu quase 3.000 dólares desaparecerem-lhe da conta por causa desta nova funcionalidade… que nunca tinha usado.

É a CNBC que conta a história: o banco terá encaixado o prejuízo e restituiu a quantia à cliente, apressando-se a corrigir o problema para evitar futuras situações semelhantes. Apesar de o sistema de levantamento de dinheiro em teste não precisar de um código PIN, a instituição terá implementado novos mecanismos de deteção de fraude.

O acesso com o telemóvel não precisa de um código PIN, ao contrário do que acontece com os cartõesPixabay

De resto, o funcionamento destes novos ATMs varia de banco para banco. O método mais comum passa por emparelhar o ATM com os telemóveis dos clientes através da tecnologia NFC, sigla para near-field communication, presente na esmagadora maioria dos aparelhos recentes. O telemóvel comunica então com o ATM e uma aplicação faculta a autorização e o acesso à conta.

Comentários ({{ total }})

Esqueceu-se do cartão? Levante dinheiro com o telemóvel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião