Revista de imprensa internacional

Os deputados da direita francesa pedem explicações a François Fillon, e rola a primeira cabeça na Casa Branca de Trump. Leia aqui as cinco notícias que marcam a atualidade mundial.

Trump perdeu o conselheiro para a Segurança Nacional e faz manchetes por todo o mundo com a que é a primeira demissão na Casa Branca que ocupa há apenas três semanas. Um novo modelo para a evolução da União Europeia está a ser proposto por diplomatas italianos em Bruxelas e pode causar tensões internas entre os países periféricos e os do núcleo duro da UE. Estas e outras três notícias que marcam a atualidade mundial esta terça-feira.

The Washington Post

Conselheiro para a Segurança Nacional de Trump demite-se

Rolou a primeira cabeça. Michael Flynn, que aconselhava o Presidente Trump em questões de segurança nacional, demitiu-se devido aos seus contactos, que poderão ser ilegais, com o embaixador russo nos EUA, e por ter mentido acerca dessa ligação a outros membros da equipa da Casa Branca. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos tinha alertado a Administração de Trump de que Flynn poderia ser suscetível a chantagem de Moscovo. Leia a notícia completa no Washington Post. (Conteúdo em inglês / Acesso pago)

The Guardian

Planos para uma Europa a duas velocidades podem enfurecer países periféricos

Passaram 60 anos desde o Tratado de Roma, mas isso não impede que diplomatas de vários países fundadores da União Europeia, incluindo a Itália, a Bélgica e a Holanda, queiram voltar a propor a ideia de uma UE a duas velocidades, onde um núcleo de países continua a avançar para uma união cada vez mais próxima de uma federação de Estados enquanto outros Estados-membros mais periféricos podem manter as ligações menos fortes que têm atualmente. Uma proposta controversa que poderá causar revolta entre Estados-membros como a Polónia. Leia a notícia completa no The Guardian. (Conteúdo em inglês / Acesso pago)

Le Figaro

Deputados de direita querem que François Fillon apresente solução política

O candidato do Les Républicains (LR) não se consegue desembaraçar do escândalo e os deputados da direita estão nervosos. Agora, um grupo de parlamentares do LR prepara-se para entregar uma declaração conjunta que pede uma “solução política” ao candidato François Fillon que garanta que este ouve as preocupações dos membros do partido e que existe um plano para o que vem a seguir. Leia a notícia completa no Le Figaro. (Conteúdo em francês / Acesso gratuito)

BBC

Disney acaba contrato com estrela do YouTube PewDiePie

Uma das maiores estrelas do YouTube, que arrecadou mais de 15 milhões de dólares no ano passado através do site, o sueco cujo nome na plataforma é PewDiePie, está em maus lençóis com a Disney. O youtuber, Felix Kjellberg, terá publicado vários materiais com temáticas antissemitas, incluindo suásticas e mensagens onde se lia “Morte a todos os judeus”, o que lhe valeu o fim da parceria com a Maker Studios, uma empresa da Disney que trabalha com produtores do YouTube. Leia a notícia completa na BBC. (Conteúdo em inglês / Acesso gratuito)

El País

Exército mobilizado para manter segurança no Rio de Janeiro

O Estado do Rio de Janeiro está em falência e não pode pagar aos funcionários públicos, incluindo os polícias, que estão em protesto há quatro dias. Os familiares de polícias militares ocuparam cerca de 30 quartéis para impedir que os seus parentes prestassem serviço. Agora, o exército brasileiro foi mobilizado pelo Estado Federal para garantir a segurança da população no período que antecede o Carnaval. Leia a notícia completa no El País. (Conteúdo em português / Acesso gratuito)

PUB

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião