Autoridades de Nova Iorque multam Deutsche Bank em 425 milhões de euros

  • Lusa
  • 31 Janeiro 2017

Autoridades de Nova Iorque chegaram a acordo com o Deutsche Bank para que este pague uma multa de 425 milhões de euros por lavagem de dinheiro em sucursais de Londres e Moscovo.

O esquema era “simples e efetivo”, anunciou, em comunicado, o Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova Iorque, depois de ter chegado a acordo com o banco alemão por causa das operações realizadas entre 2011 e início de 2015.

As operações, descritas no documento do acordo, de 29 páginas, consistiam basicamente em ordens de um cliente do Deutsche Bank em Moscovo para comprar ações de empresas russas e pagar sempre em rublos.

Na filial de Londres do banco alemão dava-se uma ordem de venda do mesmo valor, pela mesma quantidade e com o preço igual, e as entradas pela venda, em dólares, terminavam em empresas situadas em paraísos fiscais.

As operações em registadas na filial do banco alemão nos Estados Unidos e envolviam empresas ligadas entre si ou com donos, agentes e gerentes diretamente relacionados.

“Através daquele esquema, os envolvidos eram capazes de converter rublos em dólares, usando o Deutsche Bank”, refere o texto do acordo, que indica que o esquema permitiu tirar da Rússia o equivalente a cerca de 10.000 milhões de dólares.

As investigações das autoridades nova-iorquinas concluíram que o banco alemão perdeu “imensas oportunidades para detetar, investigar e parar” aquelas operações devido a “grandes falhas” no cumprimento das suas obrigações.

O acordo também obriga o banco alemão a incluir um supervisor independente para evitar que se voltem a realizar aqueles esquemas, bem como a aumentar a vigilância.

Comentários ({{ total }})

Autoridades de Nova Iorque multam Deutsche Bank em 425 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião