Protechting: Fidelidade e Fosun voltam a acelerar startups

Parceria entre Fidelidade, Fosun e Beta-i arranca 2ª edição. Os três vencedores têm direito a um road show na China. O prémio final é de dez mil euros.

A Fidelidade e a Fosun lançaram esta quarta-feira a 2ª edição do programa de aceleração Protechting, em parceria com a Beta-i. Trata-se de um dos primeiros programas verticais de aceleração em Portugal e permite às duas empresas envolvidas levar a cabo o processo de inovação aberta, através do apoio ao desenvolvimento de projetos de empreendedorismo nas áreas de proteção/prevenção, serviço nas áreas de fintech e insuretech e saúde.

“A inovação está no ADN, tanto da marca Fidelidade como da acionista Fosun. A inovação dentro da área do empreendedorismo é muito importante. Não podemos mudar o mercado mas podemos introduzir inovação internamente”, explica Sérgio Carvalho, diretor de marketing da Fidelidade, na apresentação do programa.

As candidaturas à 2ª edição do Protechting arrancam hoje, 25 de janeiro, e prolongam-se até 12 de março. A seleção das 25 escolhidas para participar no bootcamp é anunciada a 19 de abril e o bootcamp de uma semana arranca um mês depois. Dessa semana serão escolhidos 15 finalistas que participarão num programa de sete semanas de aceleração, de onde sairão os três vencedores depois do dia de pitch, marcado para 7 de julho.

protechting

“Este projeto representa uma confirmação da aposta que a Fidelidade tem vindo a dar ao ecossistema do empreendedorismo em Portugal. Acreditamos que este tipo de dinâmica traz um valor acrescentado para as sociedades do futuro e, naturalmente, como grande empresa que somos, assumimos o papel de dinamizador deste ecossistema, promovendo a criação de novas ideias e soluções”, esclarece Jorge Magalhães Correia, presidente da Fidelidade, em comunicado.

O grupo Fosun é um bom exemplo de como um pequeno negócio se pode tornar Global. Fundado há 24 anos por um grupo de estudantes é hoje a maior holding de investimento privada chinesa, com presença nos quatro cantos do mundo.

Liang Xinjun

CEO do grupo Fosun

Criado para contribuir para o desenvolvimento de uma nova geração de empreendedores, na 1ª edição do programa de aceleração Protechting estiveram a concurso 133 startups de 24 países diferentes. Dessas, 19 participaram no bootcamp e 14 no programa de aceleração. “Nesta edição, fizemos um trabalho anterior: fomos às áreas de negócio perceber em que queriam e precisavam de inovar queremos ter mais startups a trabalhar connosco e um maior fit dos negócios”, esclarece José Villa de Freitas, marketing manager da empresa.

De entre as áreas a apostar no programa de aceleração deste ano fazem parte temas como o ciber risco, a robótica, análise de risco, doenças crónicas e telemedicina, entre outros.

Na 1ª edição do programa de incubação e aceleração, a EctoSense saiu vencedora do grande prémio. A LifeSymb também teve lugar no pódio e no roadshow à China para conhecer eventuais parceiros e investidores.

Comentários ({{ total }})

Protechting: Fidelidade e Fosun voltam a acelerar startups

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião