Wall Street avança e Nasdaq mira novo recorde

Menos pedidos de subsídio de desemprego nos EUA deixam investidores confortáveis quanto à saúde da maior economia do mundo. Tecnológico Nasdaq mira recorde e o Dow Jones aproxima-se dos 20 mil pontos.

Com o mercado laboral a enviar sinais positivos acerca da força da economia norte-americana, as bolsas do outro lado do Atlântico abriram esta quinta-feira com relativo otimismo, contrariando a tendência do dia nas praças europeias.

O índice de referência mundial S&P 500 avança 0,2% para 2.254,12 pontos. Mas o foco dos investidores está virada para os outros dois principais índices: enquanto o industrial Dow Jones ganha 0,17% para um nível muito perto dos 20.000 pontos, o tecnológico Nasdaq soma 0,19% e mira novos recordes históricos.

O Departamento do Trabalho norte-americano revelou que os pedidos de subsídio baixaram em 10 mil para os 265 mil pedidos na semana que terminou a 24 de dezembro, uma evolução que correspondeu à expectativa dos analistas sondados pela Bloomberg e deixa boas indicações aos investidores quanto à robustez da maior economia do mundo.

“Os mercados estão a negociar em modo férias, sem qualquer tendência vincada”, referiu Peter Cardillo, economista chefe da First Standard Financial, numa nota citada pela Reuters.

As bolsas norte-americanas têm estado em acentuada valorização nas últimas semanas com as expectativas em torno do plano orçamental de Donald Trump que vai beneficiar o setor privado norte-americano. Os analistas do Credit esperam que o lucro das empresas do S&P 500 cresça 12,4% em 2017.

Comentários ({{ total }})

Wall Street avança e Nasdaq mira novo recorde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião