Siemens vai criar 400 postos de trabalho em Portugal

Depois de anunciar um investimento de 5 milhões, a Siemens Portugal adiciona 20 milhões de euros à aposta em digitalização, durante os próximos dois anos.

A adicionar a um investimento de cinco milhões anunciado em junho deste ano, a Siemens Portugal vai investir mais 20 milhões de euros em digitalização, até 2020. Com esta iniciativa, serão criados 400 postos de trabalho no país.

A maior fatia do reforço de investimento, cerca de 15 milhões de euros, será destinada à contratação de profissionais altamente especializados, na área de tecnologias de informação (TI), explica a empresa em comunicado. O restante vai ser alocado para a renovação e modernização integral de um edifício. O Lisbon Tech Hub, um centro de competências internacional de TI da empresa, está na origem desta aposta. A Siemens quer expandir este centro, onde já trabalham 600 pessoas.

É um total de 25 milhões de euros vinculados à digitalização, um investimento que beneficiará muito a economia nacional”, aponta Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens, citado em comunicado. O líder da empresa acrescenta ainda que é uma “enorme satisfação poder anunciar que vamos investir cinco vezes mais”.

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, acompanhou o anúncio do investimento no Web Summit, onde referiu que este investimento “numa área tão importante como é a da digitalização”, contribui para que Portugal possa ter uma “forte capacidade exportadora também nesta área, criando valor na nova economia”.

A maioria dos postos de trabalho criados serão nas áreas de programação mobile e ‘cloud backend‘, gestão de projeto, cibersegurança e ‘big data‘. A empresa tem também já abertas 81 vagas para a equipa em Portugal.

Comentários ({{ total }})

Siemens vai criar 400 postos de trabalho em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião