“Conseguimos” mas é preciso mais. Marcelo renova desafios no encerramento do Web Summit

Presidente da República voltou ao palco principal do Web Summit um ano depois com mais três desafios. "Conseguimos", disse Marcelo.

Marcelo Rebelo de Sousa na sessão de encerramento do Web Summit em 2018.Web Summit

E, um ano depois, o Presidente da República voltou a deixar três desafios no encerramento do palco principal do Web Summit. Se, na edição do ano passado, Marcelo dava nota de que o país merecia continuidade mas teria de trabalhar para manter o evento em Portugal, esta quinta-feira o Presidente da República direcionou o discurso para o poder da tecnologia quando bem usada.

“Como vamos ter o Web Summit por mais dez anos, temos de pensar no que queremos fazer. Proponho, como primeiro desafio, que todos os anos façamos melhor e diferente. Temos de criar aqui uma plataforma e não só um evento temporário de quatro dias”, alertou o Presidente da República.

O Chefe de Estado sublinhou, em segundo lugar, o papel que cada um dos 70 mil participantes do maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo tem na sociedade que integra. “Cheguei agora de uma reunião com refugiados: não devemos esquecer-nos do resto da sociedade. Não devemos deixar ninguém para trás. A educação digital é uma coisa importante”, disse.

Em terceiro lugar e, de acordo com Marcelo, o desafio “mais complicado e importante”, passa por reforçar o digital como plataforma para o exercício da liberdade.

O digital é sobre liberdade, diálogo e tolerância. No resto do mundo vemos modelos de fechamento. O desafio é usar a tecnologia para a paz, para a tolerância. Essa é a mudança. Porque esta onda que está a atravessar o mundo é o oposto à revolução tecnológica. Temos de lutar pelos valores dos princípios da liberdade, para a paz. Essa é a mensagem. Têm de levar essa mensagem para o mundo, não guardem essa mensagem só para vocês. Ajudem a criar um melhor mundo”, disse o Presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa fechou, com o seu discurso, o quarto e último dia de Web Summit. O evento regressa em 2019 para a quarta edição em Lisboa. Este ano, reuniu quase 70 mil participantes na capital portuguesa gerando, de acordo com o Turismo da cidade, um retorno de 300 milhões.

Comentários ({{ total }})

“Conseguimos” mas é preciso mais. Marcelo renova desafios no encerramento do Web Summit

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião