Instrução da Operação Marquês só em janeiro

A fase de instrução do processo da Operação Marquês - que envolve José Sócrates em suspeitas de corrupção - arranca na última semana de janeiro.

A fase de instrução do processo da Operação Marquês só deverá avançar na última semana de janeiro, segundo avança o Observador.

Esta quinta-feira o juiz Ivo Rosa recebeu no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, um representante do Ministério Público e os advogados dos arguidos para decidir o calendário das diligências a realizar no âmbito da fase de instrução da Operação Marquês. Em causa está o prazo estipulado para esta fase (quatro meses), e que o juiz diz não chegar para a concluir, tendo em conta a complexidade e a dimensão do processo.

Ivo Rosa enviou na altura um despacho às várias defesas dos arguidos deste processo a dar conta de que os quatro meses definidos por lei para finalizar esta fase não vão ser suficientes. O juiz justifica o atraso com o facto de ter em mãos outro processo, também de grande complexidade — o caso dos “Colégios GPS”.

O magistrado pediu, entretanto, a exclusividade nestes dois casos ao Conselho Superior de Magistratura, tendo perdido a instrução do processo dos CMEC, que envolve a EDP, e o do e-Toupeira, que envolve a SAD do Benfica.

Comentários ({{ total }})

Instrução da Operação Marquês só em janeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião