Takeaway chega a Portugal. Vai concorrer com a UberEATS, Glovo e NoMenu

A empresa holandesa Takeaway vai concorrer com a UberEATS e Glovo em Lisboa. Vai operar a plataforma "Pizza.pt" e contratar os seus próprios estafetas. Não vai ter taxa de entrega.

Começa a ganhar forma o novo serviço de entrega de refeições em Lisboa que vai concorrer com a UberEATS e com a Glovo. A empresa é holandesa e, nesta altura, encontra-se a recrutar pessoal e a estabelecer acordos com restaurantes na capital, apurou o ECO. Chama-se Takeaway e não vai cobrar taxa de entrega, garante uma fonte da empresa.

A empresa vai operar a plataforma de entrega de refeições que já existia — e que detinha: a “Pizza.pt”. Até aqui, o portal registava apenas restaurantes que faziam as suas próprias entregas. Mas essa estratégia vai mudar e a Takeaway quer contratar os seus próprios estafetas para fazer as entregas em bicicletas elétricas, sabe o ECO. De momento, apesar de já ter alguns restaurantes registados, a Takeaway estará em vias de fechar acordos com entre 40 a 60 estabelecimentos.

Desta forma, o site “Pizza.pt” vai ser mudado para adotar a designação Takeaway. E a meta é ter tudo pronto até ao final deste mês. Como noticiou a Marketeer na semana passada, Portugal é o 11.º mercado em que a Takeaway vai operar. Além de Lisboa, está presente noutros nove países na Europa e também no Vietname. Há uma vaga para Portugal no site internacional da empresa, para o cargo de coordenador. Ao que o ECO apurou, já tem uma equipa responsável sediada em Portugal.

Além das aplicações para Android e iOS, que já têm a designação Takeaway Portugal, a empresa deverá permitir fazer encomendas diretamente na web. Atualmente, a plataforma “Pizza.pt” aceita pagamentos podem em antecipado, com cartão de crédito, ou no ato de entrega, em dinheiro (é preciso indicar o numerário disponível para que o estafeta leve o troco), mas isso vai mudar e só serão permitidas transações com meios de pagamento digitais.

Um restaurante em Lisboa, que já faz entregas pela Glovo e UberEATS, prepara-se para juntar a Takeaway à lista de possibilidades, apurou o ECO. Não é cobrada taxa de entrega.D.R.

“Pizza.pt” vai ter uma nova cara

O nome podia induzir em erro, porque os estabelecimentos que já se encontram registados no “Pizza.pt”, além das pizas e das massas, servem ainda sushi e comida vegetariana. Até aqui, alguns tinham um limite mínimo de valor de encomendas, que variava entre 8 e 20 euros. Alguns não cobravam (diretamente) o custo da entrega, outros fixavam uma taxa entre 1,70 euros e 3,40 euros. Mas essa taxa vai deixar de existir.

Entre os restaurantes lisboetas que já fazem parte da plataforma estão as pizarias “Mundo Gourmet”, “Casa Al Parma” e “II Giardinetto”, bem como o “Black Sushi” e o “Sushi em tua casa”. De momento, não é necessário registo do utilizador e o serviço funciona de forma muito semelhante ao da NoMenu, já testado pelo ECO em dezembro do ano passado.

Mas tudo isso vai mudar. E o valor mínimo por encomenda também vai descer. Com a nova estratégia da Takeaway para este portal, serão muitos os aspetos do serviço que irão mudar. Só no início de agosto deverão ser conhecidas mais novidades em detalhe.

(Notícia atualizada às 15h59 com mais informações)

Comentários ({{ total }})

Takeaway chega a Portugal. Vai concorrer com a UberEATS, Glovo e NoMenu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião