Ferrovia 2020 só avançou com 15% das obras prometidas há dois anos

  • ECO
  • 13 Fevereiro 2018

Por esta altura, já deveriam ter arrancado obras em 528 quilómetros de linha férrea. Só 79 quilómetros já estão em obras.

O Plano de Investimentos em Infraestruturas Ferrovia 2020 foi apresentado há dois anos pelo ministro Pedro Marques, mas está longe de ter avançado como previsto. O plano contempla obras em 1.193 quilómetros de linhas férreas, entre modernização das atuais e construção de novas e, por esta altura, já deveriam ter arrancado obras em 528 quilómetros. Mas só 79 quilómetros já estão em obras.

As contas são do jornal Público (acesso condicionado), que dá conta de que apenas a linha do Minho já está verdadeiramente a ser modernizada, numa extensão de 43 quilómetros entre Nine e Viana do Castelo. Também já decorrem obras entre Alfarelos e Pampilhosa, na Mealhada, troço que constitui uma das três secções da linha do Norte que ficou de fora da modernização que teve início em 1998. Ainda assim, no caso da secção entre Alfarelos e Pampilhosa, não se trata de uma verdadeira modernização (não está sequer previsto o aumento da velocidade dos comboios), mas de uma manutenção pesada, já que a via estava degradada.

No resto do país, há poucos avanços. O Público indica que, dos 10 projetos que, segundo a informação da Infraestruturas de Portugal, já deveriam estar no terreno, apenas os dois acima referidos estão em obras.

Três projetos, no valor de 165 milhões de euros, já deveriam mesmo estar concluídos: o troço Caíde-Marco (linha do Douro), cuja modernização deveria ter sido concluída em 2016; o troço Évora-Évora Norte e a linha entre Elvas e a fronteira do Caia.

Mas há outros projetos que estão muito atrasados. É o caso da linha da Beira Alta, um projeto de 691 milhões de euros com 251 quilómetros, onde os trabalhos já deveriam estar a decorrer mas onde não há ainda qualquer adjudicação assinada; ou a linha do Douro entre Marco de Canavezes e a Régua, com 43 quilómetros, que deveria iniciar obras até junho deste ano. Esse projeto, que deverá estar terminado em finais de 2019, ainda está em fase de estudos e deverá derrapar para 2022.

Comentários ({{ total }})

Ferrovia 2020 só avançou com 15% das obras prometidas há dois anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião