SPD decide no congresso deste domingo se avança para coligação com CDU de Merkel

  • Lusa
  • 21 Janeiro 2018

Schulz e Merkel assinaram há duas semanas o acordo de princípio para enquadrar negociações formais. Decisão deste domingo será fundamental para marcar o calendário para um novo Governo alemão.

O Partido Social-Democrata (SPD) alemão reúne-se este domingo em congresso extraordinário para decidir se avança para uma nova coligação com a conservadora União Democrata-Cristã (CDU) de Angela Merkel. Cerca de 600 militantes, dirigentes e eleitos do partido participam no congresso extraordinário, que se realiza em Bona.

Os militantes vão pronunciar-se sobre o acordo de princípio alcançado pelos dois partidos há duas semanas e o lançamento de negociações formais para formar uma “grande coligação”, assim chamada por integrar os dois maiores partidos alemães.

A CDU e o SPD governaram em coligação nos últimos quatro anos, mas, nas eleições legislativas de 24 de setembro, Schulz e a líder parlamentar social-democrata, Andrea Nahles, recusaram uma coligação com a CDU e optaram por ser oposição.

No entanto, depois de fracassarem as negociações da CDU com o Partido Liberal (FDP) e os Verdes, o Presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, também social-democrata, apelou à responsabilidade política de todos os partidos e, depois de se reunir com o chefe de Estado, Schulz consultou a direção do SPD e mudou de posição.

Se o início de negociações de Governo for aprovado pelo congresso, o acordo final também terá de ser submetido ao partido para aprovação. Se o SPD rejeitar a coligação serão convocadas novas eleições.

Comentários ({{ total }})

SPD decide no congresso deste domingo se avança para coligação com CDU de Merkel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião