Bloco quer incluir rendimentos prediais e de capitais no IRS

  • ECO
  • 14 Setembro 2017

Catarina Martins entende que os ganhos com rendas de casa, ações e juros de contas a prazo também deviam ser tributados em sede de IRS para beneficiar a classe média.

O Bloco de Esquerda quer incluir rendimentos prediais e de capitais na tributação do IRS, abrangendo assim ganhos com rendas de casa, ações e juros de contas a prazo. A proposta está a ser negociada com o Governo, avançou a líder bloquista em entrevista à CMTV.

“Há rendimentos que não são do trabalho, que não são salários nem pensões. São pessoas que têm muitos rendimentos de capital ou de propriedade e que deviam ser obrigadas a englobá-los para pagarem uma taxa proporcional”, afirmou Catarina Martins, que entende que a medida pode beneficiar a classe média.

A líder do Bloco de Esquerda também quer desdobrar o segundo e o terceiro escalões de IRS, admitindo fazê-lo no prazo de dois anos.

No que toca a pensões, Catarina Martins entende que é possível ir além dos aumentos ao nível da inflação, apontando para uma folga de 100 milhões de euros. Números da bloquista indicam que o aumento de pensões e de outros apoios custou 700 milhões de euros mas o aumento do emprego gerou 800 milhões de euros de receita.

PUB

Comentários ({{ total }})

Bloco quer incluir rendimentos prediais e de capitais no IRS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião