5 coisas que vão marcar o dia

Do desemprego em Portugal ao retalho nos EUA, vários são os indicadores revelados esta quarta feira. A EDP está em destaque pelas melhores razões e a PT pelas piores.

A economia portuguesa volta a dar sinal, com os números do desemprego. Os investidores põem ainda os olhos na EDP, cuja dívida foi promovida e o rating acaba de “sair do lixo”. A PT dá novamente nas vistas pelo descontentamento dos trabalhadores, que recorrem agora à ACT. Ainda na Europa, a política holandesa ganha nova forma com negociações entre partidos. Do outro lado do oceano, nos EUA, são os números do setor do retalho que atraem as atenções.

Desemprego, exportações e importações em Portugal: INE tira as medidas à economia

O INE atualiza os números do desemprego no país com a publicação de dados relativos ao segundo trimestre do ano. No final do primeiro trimestre, a taxa de desemprego situou-se nos 10,1%. Simultaneamente, o instituto de estatísticas divulga a evolução das exportações e importações em junho.

Rutte tenta formar Governo na Holanda

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, do partido conservador VVD, que conseguiu eleger 33 deputados, volta à mesa das negociações com três partidos — os democratas-cristãos (CDA, 19 deputados), os liberais de esquerda D66 (19 deputados) e a União Cristã conservadora (CU, cinco deputados) — para tentar encontrar uma solução governativa depois de uma pausa de três semanas por causa das férias de verão. Rutte lidera um Governo provisório desde as eleições inconclusivas de março.

Atentos à EDP após sair do “lixo”

Seis anos depois, a dívida da EDP voltou a ser classificada com grau de investimento pela Standard & Poor’s, a agência de notação que melhorou esta terça-feira o rating da elétrica nacional em um nível, de ‘BB+’ para ‘BBB-‘. Deste modo, a EDP será um dos focos da bolsa durante o dia de hoje.

Trabalhadores da PT continuam a luta. Batem à porta da ACT

Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), na pessoa do inspetor-geral, Pedro Pimenta Braz, vai receber esta quarta-feira representantes dos trabalhadores da PT. As Estruturas de Representação Coletiva dos Trabalhadores volta a manifestar-se após a greve do dia 21 de julho, na qual vários funcionários se opuseram à situação de transferências de trabalhadores dentro de empresas do grupo Altice, que levará à perda de vários direitos dos trabalhadores em causa.

EUA: Uma economia “grande de novo” ou novamente moderada?

O Presidente Trump prometeu tornar os EUA “grandes de novo”, mas o Livro Bege da Fed acusa “um ritmo fraco a moderado” na evolução da economia. Esta quarta-feira são dadas a conhecer as vendas do setor do retalho no mês de junho, que trazem novas pistas. Já na terça-feira a expectativa se fez sentir na bolsa de Wall Street: os investidores contiveram-se na eminência dos resultados de retalhistas como o Wal-Mart e Macy’s, e o industrial Dow Jones registou a primeira quebra após dez sessões de ganhos em patamares recorde. A Reserva Federal regista no mesmo livro um aumento “modesto” dos preços dos produtos de retalho em quase todos os distritos.

PUB

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião