Porta dos Fundos foi vendida. E fez humor sobre isso

A produtora brasileira agora é detida maioritariamente por um grande grupo norte-americano. Para o anunciar fez um sketch.

Minha gente, estamos com um problema sério. A Porta dos Fundos foi vendida“. É Fabio Porchat quem começa por anunciar a venda no vídeo que o grupo decidiu fazer para satirizar a aquisição da Viacom. Antonio Tabet e Gregório Duvivier perfazem o trio deste sketch que percorre uma série de questões que incluem a liberdade artística da Porta dos Fundos mas também quem é a Viacom, a gigante norte-americana que detém a Paramount Pictures.

O vídeo já conta com mais de um milhão de visualizações, mas continua a existir um número incógnito: quanto é que a Viacom pagou para ficar com uma participação maioritária da produtora brasileira? A ideia da empresa norte-americana é, por um lado, expandir a sua influência na América do Sul e, por outro lado, levar a Porta dos Fundos para outros países. De tal forma que os próprios fazem uma versão dobrada de um sketch em mexicano, “Puerta del Fondo”.

“Sim, o Porta dos Fundos se vendeu. Começou em 2012, com o patrocínio do Spoleto. Depois a gente se vendeu pra Coca-Cola. E pra Ford, pro Bob’s, pra Asus, pra Itaipava, pro posto Ipiranga, pra Nissan, pro Magazine Luiza, pro armazém do Zequinha, pra Listerine, pra Jequiti… E o que sobrou, agora é da Viacom“, escreveu o grupo quando publicou este vídeo.

A produtora brasileira de conteúdos humorísticos para a internet foi criada em 2012. Segundo o site da produtora, “em quatro anos de existência, o grupo atingiu a incrível marca de 3 bilhões de visualizações e mais de 13 milhões de assinantes”. O elenco original era composto por Antonio Tabet, Fabio Porchat, Gregorio Duvivier, Ian Fernandes e Joao Vicente de Castro.

PUB

Comentários ({{ total }})

Porta dos Fundos foi vendida. E fez humor sobre isso

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião