Wall Street cede pela terceira sessão

Bolsas norte-americanas registaram um desempenho ligeiramente negativo no arranque da semana. Apenas o Nasdaq apresentou ganhos muito, muito ligeiros.

Não há duas sem três. As bolsas norte-americanas cederam esta segunda-feira pela terceira sessão consecutiva. Apenas o índice tecnológico Nasdaq, que chegou a atingir um máximo histórico intradiário, acabou por encerrar no verde, com os investidores à procura de novos motivos para explorar o mercado.

O S&P 500, índice de referência mundial, cedeu 0,18%, acompanhado pelo industrial Dow Jones, que caiu 0,04%. Em sentido contrário, o tecnológico Nasdaq avançou ligeiros 0,01%, depois de ter atingido máximos históricos intradiários.

“Com a reforma fiscal e os gastos em infraestruturas adiados até final deste ano ou até mesmo início do próximo ano, eventualmente isso vai acabar por pesar na confiança do sentimento”, referiu Randy Frederick, vice-presidente da Charles Schwab, à Bloomberg. “Eventualmente, o mercado vai perder a paciência”, acrescentou.

"Com a reforma fiscal e os gastos em infraestruturas adiados até final deste ano ou até mesmo início do próximo ano, eventualmente isso vai acabar por pesar na confiança do sentimento. Eventualmente, o mercado vai perder a paciência.”

Randy Frederick

Vice-presidente da Charles Schwab

Os mercados norte-americanos têm estado a bater recordes consecutivamente desde que Donald Trump foi eleito a 8 de novembro de 2016, mas o rally de Wall Street tem perdido gás nas últimas semanas com os investidores à espera de mais pormenores acerca da proposta do republicano que vai baixar os impostos às empresas e aumentar a despesa pública.

Comentários ({{ total }})

Wall Street cede pela terceira sessão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião